Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

BRAD PITT | Do Oscar à Angelina Jolie, a trajetória do ator em Hollywood

Oscar, Angelina Jolie e outros causos da trajetória de Brad Pitt em Hollywood

@hollywoodforever.tv Publicado em 03/12/2021, às 18h42

Brad Pitt: da juventude à Angelina Jolie - Getty Images
Brad Pitt: da juventude à Angelina Jolie - Getty Images

Um dos principais atores e símbolos sexuais de Hollywood, Brad Pitt tornou-se um ídolo desde sua primeira grande aparição no cinema, em Thelma and Louise (Ridley Scott, 1991). Desde então, atuou em filmes que lhe renderam o Oscar, casou-se e divorciou-se de Angelina Jolie e construiu uma carreira como poucos. E é ele, Brad Pitt, o tema do Causos de Hollywood da vez.

+ Angelina Jolie e Brad Pitt: a peculiar trajetória do emblemático casal
+ Britney Spears: fora do Príncipe William e outros causos da pop princess
+ Lana Del Rey: a história por trás da misteriosa seita da cantora

PITT ANTES DE BRAD

William Bradley Pitt nasceu em 1963 na pequena Shawnee, Oklahoma, em uma família batista e religiosa. Antes de brilhar nas telas, fez sucesso em outra modalidade: luta greco-romana. Ingressou na faculdade de Jornalismo e Publicidade e desistiu do curso pouco antes de se formar. Brad, afinal, não queria escrever a matéria. Ele queria ser a matéria. E foi assim, em 1986, que partiu para tentar a sorte em Hollywood com apenas 200 dólares no bolso.

YOU BETTER WORK, BITCH!

Como as coisas não são fáceis para ninguém, Brad Pitt precisou suar até chegar onde chegou. Trabalhou como carregador, motorista de strippers e até mesmo vestido de frango para a rede de restaurantes El Pollo Loco. “Tive que dançar vestido com uma fantasia de frango na frente do restaurante para atrair o público. Assim, eu descobri, em primeira mão, o poder da publicidade e o que acabei estudando por quatro anos na faculdade”.

BRAD, ATOR

A carreira de Brad Pitt como ator deu início em 1987. Foram anos fazendo pontas em filmes e séries, como Dallas e No Man’s Land, muitas vezes sem ser citado nos créditos. Tudo mudou em 1991, quando conquistou o papel que o colocou no mapa das estrelas: J.D., o cowboy bonitão e ordinário de Thelma & Louise (Ridley Scott).

Brad Pitt em Thelma e Louise

Foi em 1994, porém, que alcançou o estrelato ao protagonizar Entrevista com o Vampiro (Neil Jordan) e Lendas da Paixão (Edward Zwick), que lhe rendeu sua primeira indicação ao Globo de Ouro. Desde então, coleciona em sua filmografia clássicos que vão desde o cult Clube da Luta (David Fincher, 1999) até o recente Era uma Vez em... Hollywood (Quentin Tarantino, 2019). Com esse último, aliás, ganhou seu primeiro Oscar como Ator Coadjuvante.


Quer descobrir mais histórias de Brad Pitt? Assista ao Causos de Hollywood!