Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Amor e ódio: 7 casais do cinema que não se davam bem na vida real

Ryan Gosling e Rachel McAdams fazem parte do time de casais do cinema que não se davam bem na vida real!

@rafaelapaiiva | Publicado em 26/07/2022, às 21h00

Amor e ódio: 7 casais do cinema que não se davam bem na vida real - Reprodução
Amor e ódio: 7 casais do cinema que não se davam bem na vida real - Reprodução

Amor e ódio andam lado a lado? Bem, em algumas produções de Hollywood, sim! Enquanto na ficção há paixões avassaladoras, nos bastidores, as coisas nem sempre são assim. Muitos dos nossos casais favoritos do cinema (oi Ryan Gosling e Rachel McAdams!) tiveram grandes problemas para contracenarem juntos. De imaturidade a acusações de falta de talento, HFTV lista sete casais das telonas que não se davam bem na vida real. Confira:


PATRICK SWAYZE E JENNIFER GREY - DIRTY DANCING (1987)

Que Patrick e Jennifer tinham uma química incrível como Frances e Johnny em Dirty Dancing, isso ninguém pode negar. Mas na vida real, as coisas eram bem diferentes do clássico filme dos anos 80. Em sua autobiografia, The Time of My Life, Swayze fez várias críticas a colega de elenco. Segundo o ator, ela era infantil e ria em momentos inapropriados, fazendo com que as cenas fossem repetidas diversas vezes.

Amor e ódio: 7 casais do cinema que não se davam bem na vida real
(Foto: Reprodução)

RYAN GOSLING E RACHEL MCADAMS - DIÁRIO DE UMA PAIXÃO (2004)

Impossível não se emocionar com Diário de uma Paixão, não é mesmo? Um dos filmes mais românticos do cinema também contou com atores que não se davam bem. O diretor do longa, Nick Cassavetes, revelou que a relação dos dois não era nada parecida com a do filme e Ryan chegou até mesmo a sugerir que Rachel fosse substituída por outra atriz. No fim, tudo terminou bem e depois da torta de climão dos bastidores, Gosling e McAdams chegaram a namorar na vida real.

Amor e ódio: 7 casais do cinema que não se davam bem na vida real
(Foto: Reprodução)

ANGELINA JOLIE E JOHNNY DEPP - O TURISTA (2010)

Tinha tudo para dar certo, mas não deu! Estrelado por duas das maiores estrelas de Hollywood, O Turista foi um completo desastre. Além do clima tenso entre Angelina e Johnny, o filme recebeu várias avaliações negativas e a própria atriz revelou que só aceitou participar do longa poque sabia que ele seria filmado em Veneza e ela queria passear por lá.

Amor e ódio: 7 casais do cinema que não se davam bem na vida real
(Foto: Reprodução)

CLAIRE DANES E LEONARDO DICAPRIO - ROMEU + JULIETA (1996)

Na época do filme Romeu + Julieta, Claire Danes se incomodou muito com a imaturidade de DiCaprio, que é cinco anos mais velho que a atriz. Já Leonardo, a considerava muito “certinha” e chata. Anos depois, Claire foi convidada para contracenar com o ator, mas recusou.

Amor e ódio: 7 casais do cinema que não se davam bem na vida real
(Foto: Reprodução)

SHARON STONE E WILLIAM BALDWIN - INVASÃO DE PRIVACIDADE (1993)

Nos bastidores de Invasão de Privacidade, Sharon Stone se divertia zombando de Willian Baldwin, seu par romântico no longa. No entanto, as coisas saíram do controle e a equipe fazia de tudo para que os dois passassem o mínimo de tempo juntos. A história mais conhecida dos bastidores é a de que Sharon, em uma cena de beijo, teria mordido a língua do ator tão forte que Baldwin ficou dias sem conseguir falar direito.

Amor e ódio: 7 casais do cinema que não se davam bem na vida real
(Foto: Reprodução)

MARILYN MONROE E TONY CURTIS - QUANTO MAIS QUENTE MELHOR (1959)

“Foi como beijar Hitler”, chegou a declarar Tony Curtis sobre as cenas românticas com a icônica Marilyn Monroeno clássico Quanto Mais Quente Melhor. Acontece que Curtis e Monroe tiveram um breve relacionamento antes da produção. O término não foi amigável e isso causou um climão no set.

Amor e ódio: 7 casais do cinema que não se davam bem na vida real
(Foto: Reprodução)

HUMPHREY BOGART E AUDREY HEPBURN - SABRINA (1954)

Outro clássico da Era de Ouro de Hollywood, Sabrina, também teve os bastidores marcados por um clima tenso devido à relação dos atores principais. Humphrey e Audrey não se gostavam e o ator chegou até mesmo a dizer que a atriz não tinha talento e era incapaz de atuar. Além disso, Bogart declarou que preferia sua esposa, Lauren Bacall, no papel de Sabrina.

Amor e ódio: 7 casais do cinema que não se davam bem na vida real
(Foto: Reprodução)

HFTV NAS REDES SOCIAIS

YOUTUBE | TIKTOK | INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK | PODCAST | NEWSLETTER