Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

A última e desesperada cartada de Amber Heard para anular o veredito

Amber Heard tem mais uma cartada para anular o veredito de difamação que beneficiou Johnny Depp na turbulenta batalha judicial; saiba qual!

@nicolybastos_| Publicado em 07/07/2022, às 13h53 - Atualizado às 16h25

A última e desesperada cartada de Amber Heard para anular o veredito - Getty Images
A última e desesperada cartada de Amber Heard para anular o veredito - Getty Images

Amber Heard quer levar Johnny Deppmais uma vez ao tribunal - e não está medindo esforços para isso. A equipe jurídica da atriz entrou com um pedido legal para anular completamente o veredito de difamação contro o ex-marido Johnny Depp. Em um memorando de 53 páginas obtido com exclusividade pelo Radar Online, Heard apresenta os motivos pelos quais acredita que a decisão do júri e a indenização de R$ 10,35 sejam anulados. 

Segundo os advogados de Heard, as evidências apresentadas durante o longo julgamento não sustentam a decisão dos jurados. O documento afirma que que a indenização foi exagerada, uma vez que ambos foram declarados culpados; que é falsa a alegação de que Depp teria perdido seu papel na franquia Animais Fantásticos e Onde Habitam; e ele não tem direito aos danos que recebeu pelo júri.

"O Sr. Depp testemunhou que o dano à sua reputação foi quando a Sra. Heard obteve a ordem de restrição temporária de violência doméstica em 27 de maio de 2016 - pela qual ele não pode ser compensado".

A equipe de Amber também aponta para o especialista Doug Bania e para a advogada de Depp, Camille Vasquez. A moção aborda o depoimento de Bania, no qual ele foi solicitado a comparar o impacto na reputação de Depp após a ordem de restrição de Heard, em 2016. E também após o artigo do Washington Post.

Bania afirmou que após 2016 "a maioria desses resultados se transformou em coisas negativas sobre as alegações de abuso". A equipe jurídica da atriz, então, argumenta que o especialista testemunhou que as pontuações do ator "realmente melhoraram após o artigo de Heard", o que significa que "sua reputação e imagem pública realmente melhoraram".


O JURADO 15

Amber também questiona as informações do Jurado 15, como já declarou anteriormente; diz que ele nasceu em 1945, enquanto as informações públicas dão conta de que o nascimento é 1970. "A discrepância levanta a questão de se o Jurado 15 realmente recebeu uma intimação e se foi corretamente examinado pela corte para servir ao júri", diz a moção.


DEPP VS. HEARD

A batalha judicial DEPP vs. Heard durou cerca de três meses e foi televisionada em rede nacional. A atriz, declarada culpada de todas as acusações, foi condenada a pagar US$ 10,35 milhões. A indenização do ator, declarado culpado em apenas uma, é menor, de US$ 2 milhões. Johnny processou Amber por difamação após a publicação, em 2018, de um artigo no The Washington Post no qual se diz uma sobrevivente de violência doméstica, mesmo sem citar o nome do ex-marido.


HFTV NAS REDES SOCIAIS

YOUTUBE | TIKTOK | INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK | PODCAST | NEWSLETTER