Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

House of Gucci: frase icônica do filme foi improvisada por Lady Gaga

Lady Gaga improvisou uma das falas mais icônicas do filme "House of Gucci"

@isafrasinelli | Publicado em 23/11/2021, às 09h40

Lady Gaga interpretando Patrizia Reggiani em cena do filme "House of Gucci" - Divulgação/ Universal Pictures
Lady Gaga interpretando Patrizia Reggiani em cena do filme "House of Gucci" - Divulgação/ Universal Pictures

Father, son, and house of Gucci... essa é a religião dos fãs de Lady Gaga enquanto aguardam o tão esperado lançamento de House of Gucci, que chega aos cinemas brasileiros em 24 de novembro. Mas você sabia que essa frase icônica do filme foi, na verdade, improvisada pela atriz? 

👉 ASSINE NOSSA NEWSLETTER 👈

Lady Gaga interpretando Patrizia Reggiani em cena do filme "House of Gucci", gif Father, son, and house of Gucci

Em entrevista à Variety, Gaga revelou que improvisou a fala tão marcante durante sua interpretação como Patrizia Reggiani, mandante do assassinato de seu ex-marido, Maurizio Gucci (Adam Driver). A artista explicou que a possibilidade de testar tal fala enquanto fazia o sinal da cruz aconteceu por conta do apoio do diretor do longa, Ridley Scott (Alien - O 8.º Passageiro). 

“Costumava fazer isso [o gesto e a fala] no trailer o tempo todo… Algo sobre aquela cena, quando estávamos fazendo, parecia certo, e fizemos. É uma prova de Ridley Scott como diretor, porque usa as coisas, usa a criatividade e usa o amor.”

Lady Gaga ainda foi lembrada na entrevista que a frase já se tornou uma das mais icônicas House of Gucci, antes mesmo do lançamento do filme. Em resposta, ela afirmou: "Não sei sobre isso, mas vamos descobrir."

100% NA PERSONAGEM 

Lady Gaga teve uma preparação intensa para interpretar Patrizia Reggiani em House of Gucci! Foi o que a própria artista contou em recente entrevista à Vogue UK, onde explicou que conseguiu mergulhar no papel após viver como a italiana durante um ano e meio. 

"Sendo totalmente honesta: vivi como ela [Patrizia Reggiani] por um ano e meio, e falei com o sotaque 24 horas por dia por nove meses desse tempo. Fora da câmera, nunca voltava a ser eu, me segurava a ela. Tanto que não conseguia recuperar o sotaque quando estava loira, então pintei meu cabelo."

Gaga não escondeu que essa escolha trouxe consequências psicológicas no seu dia a dia: "Eu comecei a viver de uma forma em que todas as coisas para as quais eu olhasse, tudo o que eu tocasse, precisava ser convertido em dinheiro."

"Eu tive algumas dificuldades no final das gravações. Ficava no meu hotel durante todo o meu tempo 'livre', falando e me comportando como ela. Me lembro de sair para dar uma caminhada no final das filmagens, e eu tinha passado dois meses trancada no hotel, então entrei em pânico. Achei que estava no set", concluiu. 


LIVE IS DEAD! #7 está no ar e o episódio da semana conta com um papo aleatório sobre filmes, divas pop, lendas urbanas do ovo e muito mais — dê o play abaixo para conferir!