Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Grammy 2022: indicados, esnobados e surpresas da edição

Aqui estão os principais destaques dos indicados (e esquecidos) do Grammy Awards 2022!

@isafrasinelli e @nic_bastos| Publicado em 23/11/2021, às 14h04

Artistas Lil Nas X, Lady Gaga, Tony Bennet e Lana Del Rey | Grammy 2022 - Reprodução
Artistas Lil Nas X, Lady Gaga, Tony Bennet e Lana Del Rey | Grammy 2022 - Reprodução

A espera acabou! Nesta terça-feira (23), foram anunciados os indicados para o Grammy Awards 2022. A 64ª edição da premiação vai acontecer no dia 31 de janeiro de 2022 e a cerimônia será realizada no Staples Center, em Los Angeles, nos EUA. Em meio a um ano inteiro cheio de especulações, finalmente podemos ver quem foi reconhecido - e quem foi duramente esnobado!

👉 ASSINE NOSSA NEWSLETTER 👈

MUDANÇAS NA ESTRUTURA

Além revelar os nomes que competem no próximo ano, a Academia do Grammy Awards 2022, ainda aproveitou para avisar sobre algumas modificações feitas no evento.

Para esta edição, a organização mudou o sistema de indicações, que foram feitas pelos seus mais de 11 mil membros. É a primeira vez, em 30 anos, que os indicados vem das escolhas dos membros da Academia, sem precisar passar por uma revisão final do comitê. Anteriormente, as decisões eram tomadas por um painel de 15 a 30 especialistas com identidades desconhecidas, mas foram alvos de várias críticas, como do cantor The Weeknd.

Membros da organização também aumentaram o número de indicados para as categorias principais, que antes eram compostas por oito. Gravação do Ano, Canção do Ano, Álbum do Ano e Artista Revelação agora contém 10 nomes.

Outras duas novas categorias ainda foram adicionadas: melhor performance de música global e melhor álbum de música urbana. A Academia também anunciou que a diversidade vai fazer parte do contrato da cerimônia de 2022. 

EXALTADOS

Os grandes nomes da próxima edição são: Olivia Rodrigo, Justin Bieber, Billie Eilish, Doja Cat, Lil Nas X e Lady Gaga, por seu recente trabalho com Tony Bennett. Dentre eles, Rodrigo é a única artista que concorre às quatro principais categorias deste ano: álbum, canção, gravação e artista revelação, tendo no total, sete indicações pelos trabalhos em Sour.

Billie Eilish empata com a novata e o projeto Happier Than Ever também também está presente em sete em grandes categorias. Já a respeito do posto de mais indicações, temos o pianista Jon Batiste, que fez a trilha do filme Soul, em simplesmente 11 categorias. Atrás dele estão Justin Bieber, Doja Cat e H.E.R., com oito indicações cada um.

Dois produtores também merecem destaque. FINNEAS, irmão e produtor de Billie Eilish, está nas quatro categorias principais, sendo uma delas o de Artista Revelação e nas outras, pelos trabalhos como colaborador da irmã. Já Jack Antonoff, queridinho de Lana Del Rey, Taylor Swift e Lorde, também foi indicado por seu trabalho em produção no último ano. 

ESNOBADOS

Como de praxe, nem todo mundo saiu contente com as indicações ao Grammy. Pela web, internautas já estão apontando a falta considerável de alguns artistas.

Dentre eles, Miley Cyrus é a que mais causou revolta. A cantora recebeu um total de zero indicações pelo trabalho em Plastic Hearts, que foi lançado em novembro de 2020, tendo sido um dos álbuns mais aclamados do ano pela crítica e também pelo público. A equipe da cantora havia submetido as músicas e o disco aos prêmios de música pop, no entanto, os trabalhos foram transferidos para as categorias de rock. 

Mais um nome esquecido no churrasco foi o de Lana Del Rey. A artista foi responsável por lançar dois álbuns bem avaliados esse ano - o Chemtrails Over The Country Club e o Blue Banisters - sendo o primeiro lançado dentro da data exigida pela organização do Grammy. Apesar de entregar um trabalho incrível, com músicas bem trabalhadas e até um clipe mega diferente, ela não recebeu indicações.

+ Lana Del Rey e Miley Cyrus são esnobadas pelo Grammy 2022 e aqui está a revolta dos fãs

Outros nomes com discos impecáveis em 2021 que foram indicados, mas não como deveriam, são os de Demi Lovato e Ariana Grande. Ambas receberam indicações com Met Him Last Night (parceria em conjunto) na categoria Best Remixed Recording, mas o prêmio é destinado apenas ao DJ que colaborou Dave Audé, que elaborou a nova versão.

Além disso, Ariana recebeu apenas duas indicações por positions: Melhor performance Solo Pop e Melhor álbum vocal de pop. Já Halsey só foi indicada por seu trabalho em no disco If I Can't Have Love, I Want Power na categoria de Melhor álbum alternativo

SURPRESAS E CURIOSIDADES

Mesmo que nem todo mundo tenha saído feliz, algumas surpresas boas ainda aconteceram. Uma indicação completamente inesperada veio na categoria Gravação do Ano. O grupo ABBA foi indicado pelo seu comeback com a canção I Still Have Faith In You - quarenta anos depois de simplesmente ficar sem lançar música! 

Selena Gomez recebeu sua primeira indicação ao Grammy com o álbum em espanhol Revelácion. Lançado no início de 2021, o disco compete na categoria de Melhor álbum de pop latino.

Taylor Swift só apareceu com uma indicação oficialmente - pelo álbum evermore -, mas ao contrário do que muitos podem pensar, ela tem duas! Isso porque, a cantora está creditada também pelo Sour, de Olivia Rodrigo, na categoria de Álbum do Ano. Vale lembrar que a voz de drivers license usou samples de músicas da loirinha no projeto.

Um fato curioso e bastante interessante para os fãs brasileiros é que a indicação de Major Lazer veio com a presença do país. O álbum do grupo de música eletrônica foi indicado na categoria Melhor álbum de dance/ eletrônica e tem duas músicas com brasileiros: Pra te Machucar (com Ludmilla, ÀTTØØXXÁ e Suku Ward), e Rave de Favela (com MC Lan, Anitta e Beam).

Concorrendo na premiação por parcerias na categoria de Melhor música de rap, Jay-Z se tornou o homem mais indicado em toda história do Grammys (com um total de 83 indicações), Já sua esposa Beyoncé é a mulher mais indicada (com 79 indicações). Casal poderosíssimo! 

Por fim, confira a lista completa com os principais indicados à premiação:

ÁLBUM DO ANO

"We Are" - Jon Batiste
"Love For Sale" - Tony Bennett & Lady Gaga
"Justice (Triple Chucks Deluxe)" - Justin Bieber
"Planet Her (Deluxe)" - Doja Cat
"Happier Than Ever" - Billie Eilish
"Back Of My Mind" - H.E.R.
"Montero" - Lil Nas X
"Sour" - Olivia Rodrigo
"Evermore" - Taylor Swift
"Donda" - Kanye West

GRAVAÇÃO DO ANO

'"I Still Have Faith In You" - ABBA
"Freedom" - Jon Batiste
"I Get A Kick Out Of You" - Tony Bennett & Lady Gaga
"Peaches" - Justin Bieber com Daniel Caesar & Giveon
"Right On Time" - Brandi Carlile
"Kiss Me More" - Doja Cat e SZA
"Happier Than Ever" - Billie Eilish
"Montero (Call Me By Your Name)" - Lil Nas X
"Drivers license" - Olivia Rodrigo
"Leave The Door Open" - Silk Sonic

CANÇÃO DO ANO

"Bad Habits" - Ed Sheeran
"A Beautiful Noise" - Alicia Keys & Brandi Carlile
"Drivers license" - Olivia Rodrigo
"Fight For You" - H.E.R.
"Happier Than Ever" - Billie Eilish
"Kiss Me More" - Doja Cat e SZA
"Leave The Door Open" - Silk Sonic
"Montero (Call Me By Your Name)" - Lil Nas X
"Peaches" - Justin Bieber com Daniel Caesar & Giveon
"Right On Time" - Brandi Carlile

ARTISTA REVELAÇÃO

Arooj Aftab
Jimmie Allen
Baby Keem
FINNEAS
Glass Animals
Japanese Breakfast
The Kid LAROI
Arlo Parks
Olivia Rodrigo
Saweetie

MELHOR CLIPE

“Shot in the Dark” — AC/DC
“Freedom” — Jon Batiste
“I Get a Kick Out of You” — Tony Bennett and Lady Gaga
“Peaches” — Justin Bieber featuring Daniel Caesar
“Happier Than Ever” — Billie Eilish
“Montero (Call Me by Your Name)” — Lil Nas X
"Good 4u" - Olivia Rodrigo

MELHOR PERFORMANCE SOLO POP

Anyone - Justin Bieber
Right On Time - Brandi Carlile
Happier Than Ever - Billie Eilish
Positions - Ariana Grande
drivers license - Olivia Rodrigo

PERFORMANCE DUO/GRUPO (POP)

"Butter" - BTS
"Higher Power" - Coldplay
"I Get A Kick Out of You" - Tony Bennett & Lady Gaga
"Kiss Me More" - Doja Cat & SZA
"Lonely" - Justin Bieber & Benny Blanco

ÁLBUM DE POP VOCAL

"Justice" - Justin Bieber
"Planet Her" - Doja Cat
"Happier Than Ever" - Billie Eilish
"Positions" - Ariana Grande
"SOUR" - Olivia Rodrigo

MELHOR ÁLBUM DE POP VOCAL TRADICIONAL

“Love For Sale” – Tony Bennett & Lady Gaga
“‘Till We Meet Again (Live)” – Norah Jones
“A Tori Kelly Christmas” – Tori Kelly
“Ledisi Sings Nina” – Ledisi
“That’s Life” – Willie Nelson
“A Holly Dolly Christmas” – Dolly Parton

MELHOR ÁLBUM DE POP LATINO OU ÁLBUM URBANO

“Vértigo” – Pablo Alborán
“Mis Amores” – Paula Arenas
“Hecho A La Antigua” – Ricardo Arjona
“Mis Manos” – Camilo
“Mendó” – Alex Cuba
“Revelación” – Selena Gomez


MELHOR ÁLBUM DE MÚSICA URBANA

“Afrodisíaco” – Rauw Alejandro
“El Último Tour Del Mundo” – Bad Bunny
“Jose” – J Balvin
“KG0516” – KAROL G
“Sin Miedo (Del Amor Y Otros Demonios) 8” – Kali Uchis

MELHOR FILME MUSICAL

Insidie — Bo Burnham
David Byrne’s American Utopia — David Byrne
Happier Than Ever: A Love Letter to Los Angeles — Billie Eilish
Music, Money, Madness… Jimi Hendrix in Maui — Jimi Hendrix
Summer of Soul — Vários

MELHOR TRILHA SONORA

Bridgerton — Kris Bowers
Dune — Hans Zimmer
The Mandalorian: Season 2 — Vol. 2 (Chapters 13-16) — Ludwig Göransson
The Queen’s Gambit — Carlos Rafael Rivera
Soul — Jon Batiste, Trent Reznor, and Atticus Ross

MELHOR MÚSICA PARA MÍDIA VISUAL

"Agatha All Along" (Wandavision) - Kathryn Hahn
"All Eyes On Me" (Inside) - Bo Burnham
"All I Know So Far" (P!NK: All I Know So Far) - Pink
"Fight For You" (Judas e o Messias Negro) - H.E.R.
"Here I Am" (Respect) - Jennifer Hudson
"Speak Now" (One Night in Miami) - Leslie Odom Jr

TRILHA SONORA PARA MÍDIA VISUAL

Cruella
Dear Evan Hansen
In the Heights
Respect
Schmigadoon
One Night in Miami

MELHOR ÁLBUM DE RAP

"The Off-Season" — J. Cole
"Certified Lover Boy" — Drake
"King’s Disease II" — Nas
"Call Me If You Get Lost" — Tyler, the Creator
"Donda" — Kanye West

MELHOR MÚSICA DE RAP

“Bath Salts” — DMX featuring JAY-Z and Nas
“Best Friend” — Saweetie featuring Doja Cat
“Family Ties” — Baby Keem featuring Kendrick Lamar
“Jail” — Kanye West featuring JAY-Z
“M Y .L I F E” — J. Cole featuring 21 Savage and Morray

MELHOR PERFORMANCE DE RAP

“Family Ties” — Baby Keem featuring Kendrick Lamar
“Up” — Cardi B
“M Y .L I F E” — J. Cole featuring 21 Savage and Morray
“Way 2 Sexy” — Drake featuring Future and Young Thug
“Thot Shit” — Megan Thee Stallion

MELHOR PERFORMANCE DE RAP MELÓDICO

“P R I D E. I S. T H E. DEVIL” — J. Cole featuring Lil Baby
“Need to Know” — Doja Cat
“Industry Baby” — Lil Nas X featuring Jack Harlow
“WUSYANAM” — Tyler, the Creator featuring YoungBoy Never Broke Again and Ty Dolla $ign
“Hurricane” Kanye West featuring The Weekend and Lil Baby

PRODUTOR DO ANO, NÃO CLÁSSICO

Jack Antonoff
Hit-Boy
Ricky Reed
Mike Elizondo
Rogèt Chahayed

MELHOR ÁLBUM DE MÚSICA URBANA 

Afrodisíaco — Raw Alejandro
El Último Tour Del Mundo — Bad Bunny
Jose — J Balvin
KG0516 — Karol G
Mendó — Alex Cuba
Sin Miedo (Del Amor y Otros Demonios) 8 — Kali Uchis

MELHOR GRAVAÇÃO DANCE/ ELETRÔNICA

"Hero" - Afrojack e David Guetta
"Loom" - Olafur Arnalds e Bonobo
"Before" - James Blake
"Heartreak" - Bonoro e Totally Extinct Dinossaurs
"You can do it" - Caribou
"Alive" - Rufus du Sol
"The Business" - Tiesto


MELHOR ÁLBUM DANCE/ ELETRÔNICA

"Subconsciously" — Black Coffee
"Fallen Embers" — Illenium
"Music Is the Weapon (Reloaded)" — Major Lazer
"Shockwave" — Marshmello
"Free Love" — Sylvan Esso
"Judgement" — Ten City

MELHOR ÁLBUM DE FOLK

One Night Lonely (Live) — Mary Chapin Carpenter
Long Violent History — Tyler Childers
Wednesday (Extended Edition) — Madison Cunningham
They’re Calling Me Home — Rhiannon Giddens with Francesco Turrisi
Blue Heron Suite — Sarah Jaros

MELHOR PERFORMANCE DE R&B

“Lost You” – Snoh Aalegra
“Peaches” – Justin Bieber Featuring Daniel Caesar & Giveon
“Damage” – H.E.R.
“Leave the Door Open” – Silk Sonic
“Puck Up Your Feelings” – Jazmine Sullivan


MELHOR PERFORMANCE TRADICIONAL DE R&B

“I Need You” – Jon Batiste
“Bring it on Home to Me” – BJ The Chicago Kid, PJ Morton & Kenyon Dixon Featuring Charlie Bereal
“Born Again” – Leon Bridges Featuring Robert Glasper
“Fight For You” – H.E.R.
“How Much Can A Heart Take” – Lucky Daye Featuring Yebba


MELHOR MÚSICA DE R&B

“Damage” – H.E.R.
“Good Days” – SZA
“Heartbreak Anniversary” – Giveon
“Leave the Door Open” – Silk Sonic
“Pick Up Your Feelings” – Jazmine Sullivan


MELHOR ÁLBUM DE R&B

“Temporary Highs In the Violet Skies” – Snoh Aalegra
“We Are” – Jon Batiste
“Gold-Diggers Sound” – Leon Bridgers
“Back of My Mind” – H.E.R.
“Heaux Tales” – Jazmine Sullivan

MELHOR ÁLBUM COUNTRY

Skeletons — Brothers Osborne
Remember Her Name — Mickey Guyton
The Marfa Tapes — Miranda Lambert, Jon Randall, and Jack Ingram
The Ballad of Dood & Juanita — Sturgill Simpson
Starting Over — Christ Stapleton


MELHOR MÚSICA COUNTRY

“Better Than We Found It” — Maren Morris
“Camera Roll” — Kacey Musgraves
“Cold” — Chris Stapleton
“Country Again” — Thomas Rhett
“Fancy Like” — Walker Hayes
“Remember Her Name” — Mickey Guyton

MELHOR ÁLBUM ALTERNATIVO

Shore - Fleet Foxes
If I Can't Have Love, I Want Power - Halsey
Jubilee - Japanese Breakfast
Collapsed In Sunbeams - Arlo Parks
Daddy's Home - St. Vincent

MELHOR PERFORMANCE DE ROCK

Know You Better (Live From Capitol Studio A) - Black Pumas
OHMS - Deftones
Making a Fire - Foo Fighters
Nothing Compares 2 U - Chris Cornell
Shot in The Dark - AC/DC


MELHOR PERFORMANCE DE METAL

Amazonia - Gojira
Genesis - Deftones
Pushing The Tides - Mastodon
The Alien - Dream Theater
The Triumph of King Freak (A Crypt of Preservation and Supertition) - Rob Zombie


MELHOR ÁLBUM DE ROCK

Capitol Cuts: Live From Studio A - Black Pumas
McCartney III - Paul McCartney
Medicine at Midnight - Foo Fighters
No One Sings Like You Anymore Vol. 1 - Chris Cornell
Power Up - AC/DC


MELHOR MÚSICA DE ROCK

All My Favorites Songs - Rivers Cuomo, Ashley Gorley, Ben Johnson & Ilsey Juber (Weezer)
Distance - Wolfgang Van Halen (Mammoth WVH)
Find My Way - Paul McCartney (Paul McCartney)
The Bandit - Caleb Followill, Jared Followill, Matthew Followill & Nathan Followill (Kings Of Leon)
Waiting on a War - Dave Grohl, Taylor Hawkins, Rami Jaffee, Nate Mendel, Chris Shiflett & Pat Smear (Foo Fighters)


LIVE IS DEAD! #7 está no ar e o episódio da semana conta com um papo aleatório sobre filmes, divas pop, lendas urbanas do ovo e muito mais — dê o play abaixo para conferir!