Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Kim Kardashian processada por marca de skincare; todos os detalhes

Kim Kardashian está sendo processada por uma microempreendedora de Nova York por causa de sua marca de skincare, a SKKIN, e HFTV conta todos os detalhes

@helograssi | Publicado em 29/06/2022, às 15h08 - Atualizado às 17h17

Kim Kardashian processada por marca de skincare; todos os detalhes - Getty Images
Kim Kardashian processada por marca de skincare; todos os detalhes - Getty Images

Kim Kardashian está sendo processada por uma pequena companhia por conta da similaridade do nome de sua mais nova marca de skincare, a SKKN, com o micro-negócio, a marca SKKN+. Além disso, as donas da companhia alegam que a equipe de Kardashian estaria tentando usar sua fama e poder para amedrontá-la.

O processo que Kim Kardashian terá que enfrentar é por conta das marcas SKKN e SKKN by Kim, ambas registradas pela socialite. Uma companhia chamada Beauty Concepts, que tem como base Brooklyn, em Nova York, alega que o nome da marca é muito parecido com o seu registro de SKKN+, o que está confundindo os seus clientes. 


QUEM É BEAUTY CONCEPTS?

Questionada pelo TMZ, a dona da Beauty Concept, identificada apenas como Srta. Lunsford, esclareceu que é um micro empreendimento, criado e gerenciado por uma mulher negra, que passou por dificuldades, mas sobreviveu à pandemia e foi surpreendido pela revelação do nome da empresa de Kim.

Nos documentos obtidos pelo site, a empresa alega que entrou em contato com a equipe de Kardashian após ela entrar com a documentação para registrar o nome SKKN, a pedindo para que não usasse um nome tão similar. A empresa reforça que seus pedidos foram ignorados.

Kim Kardashian processada por marca de skincare


O QUE A EQUIPE DE KIM DIZ

O advogado de Kim Kardashian, Michael Rhodes, contou para o TMZ o seguinte:

"Este processo não é o que parece. SKKN by Kim é uma nova marca que segue os passos da bem-sucedida KKW Beauty, criada pela Srta. Kardashian. Construindo pesquisas e desenvolvimento, sua companhia preencheu a aplicação para garantir os direitos do nome SKKN by Kim, para proteger os seus produtos licenciados. Esse processo é uma tentativa de intimidar".

Rhodes continua, dizendo que parabeniza a Srta. Lunsford [dona da Beauty Concepts] por ser uma jovem empreendedora e seguir seus sonhos. Acrescenta, porém, que isso lhe dá o direito de alegar que "fizemos algo errado". 

"Enquanto a Beauty Concepts alegava ter os direitos do nome e uma logo de SKKN+, o seu empreendimento era uma loja de apenas uma pessoa vendendo cremes faciais em Brooklyn por fora. O salão [Beauty Concepts] não vendia nenhum produto."

Para Rhodes, a marca desafiou Kim Kardashian na corte das patentes americanas, o que foi rejeitado sem surpresas. "A empresa passou a fingir algo que não era: lançaram uma nova loja, mudaram o site, etc. Um pequeno consultório estético no Brooklyn não tem o direito de fechar uma linha de skincare global."


HFTV NAS REDES SOCIAIS

YOUTUBE | TIKTOK | INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK | PODCAST | NEWSLETTER