Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Amiga de Amber Heard é expulsa do julgamento de Johnny Depp; entenda

Johnny Depp está processando Amber Heard por difamação

@nic_bastos | Publicado em 18/04/2022, às 13h47

Amber Heard no julgamento contra Johnny Depp - Getty Images
Amber Heard no julgamento contra Johnny Depp - Getty Images

Uma amiga íntima de Amber Heard, a jornalista musical britânica Eve Barlow, foi expulsa do tribunal durante o julgamento de Johnny Depp contra a atriz. O astro está processando a ex amada por difamação, por causa de um editorial de 2018 que ela escreveu para o Washington Post sobre sobreviver à violência doméstica. Mais detalhes aqui.

Fontes que compareceram ao julgamento contaram ao site Page Six que Eve Barlow - ex-vice-editora da revista musical NME - e um colaborador da New York Magazine entraram em conflito com o juiz por estarem enviando mensagens de texto e tuitando da primeira fila do tribunal, que geralmente é reservado apenas para aconselhamento jurídico. 

De acordo com informações obtidas pelo veículo, Barlow teria supostamente agido como parte da equipe jurídica da atriz e até tentou intervir no julgamento da testemunha amiga de Depp, Gina Deuters.

De acordo com os membros do tribunal, ela tentou defender Heard pedindo a sua equipe jurídica para mostrar à juíza que Deuters foi supostamente comprometido seu testemunho mostrando uma publicação sobre o julgamento. Fontes dizem que Barlow supostamente trouxe um post de mídia social de Deuters, alegando que era um post recente do julgamento atual.

No entanto, foi comprovado que a postagem em questão foi compartilhada em 2021 durante o julgamento anterior de Depp contra o jornal The Sun, em Londres.

Deuters – que é esposa do funcionário e colaborador de longa data de Depp, Stephen Deuters – admitiu que viu clipes do julgamento online antes de prestar depoimento. Ela foi demitida do tribunal e seu testemunho foi retirado do registro.

Os advogados de Depp responderam pressionando uma moção para que Barlow fosse permanentemente barrada do tribunal, que o juiz aprovou.

Amber colocou sua amiga jornalista mais próxima sentado na frente e no centro – com sua equipe jurídica – no julgamento, tuitando ao vivo, enviando mensagens de texto e postando informações”, disse uma fonte. “Eve Barlow parece pensar que ela faz parte da equipe jurídica de Amber. Os advogados de Depp finalmente tiveram o suficiente e a impediram de entrar no tribunal”. 

Eve Barlow e o porta-voz não responderam ao pedido de pronunciamento do Page Six.