Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Pai de Margarida Bonetti: eis o que sabemos sobre Vicente de Azevedo

Uma das curiosidades que rondam A Mulher da Casa Abanadonada é quem é o pai de Margarida Bonetti e HFTV reúne tudo o que fomos capazes de achar

@nicolybastos_| Publicado em 13/07/2022, às 19h00 - Atualizado às 19h52

Pai de Margarida Bonetti: eis o que sabemos sobre Vicente de Azevedo - Reprodução
Pai de Margarida Bonetti: eis o que sabemos sobre Vicente de Azevedo - Reprodução

Se você está ativamente na internet nos últimos dias, já deve ter passado por alguém falando sobre o podcast A Mulher da Casa Abandonada, do jornalista Chico Felitti. A produção anda cativando muita gente, que acaba indo além da obra, cavando fundo a história de Margarida Bonetti, a.k.a a protagonista - e todos que a cercam. 

Entre diversas dúvidas que pairam entre os internautas, sobre as coisas que Chico Felitti não mostra, uma delas é: quem foi o pai de Margarida Bonetti? Eis o que sabemos:

Dr. Geraldo Vicente de Azevedo foi pai de Margarida Bonetti e nasceu em 6 de fevereiro de 1907, em Santa Cecília, São Paulo. Quando isso aconteceu seu pai, Francisco de Paula Vicente de Azevedo, tinha 50 anos e sua mãe, Rosa Bueno Lopes de Oliveira, 36. Casou-se com Maria de Lourdes Danso em 1947, em São Paulo. Sua ocupação está listada como médico urologista. Faleceu em 24 de outubro de 1998, em São Paulo, aos 91 anos.

Filho de família rica

Nascido na cidade de Lorena, em 8 de outubro de 1856, Francisco foi um fazendeiro, banqueiro e comerciante. O Barão de Bocaina, título que recebeu por decreto do Imperador D. Pedro II, foi responsável por fundar o Engenho Central de Lorena, primeiro empreendimento do gênero no Vale do Paraíba paulista.

Também foi diretor da Estrada de Ferro São Paulo-Rio de Janeiro e do Banco Comercial do Estado de São Paulo. Sabemos que Margarida é herdeira e isso vem muito das gerações da família anteriores a ela. Francisco vinha de uma família de posses. Era o filho mais velho do Coronel José Vicente de Azevedo e Angelina Moreira Vicente de Azevedo. Ao começar a trabalhar, acumulou terras para a plantação de café, principal produto de exportação brasileira.

Profissão de sucesso

Em 1955, Geraldo foi o chefe na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo e realizou a primeira videolaparoscopia, procedimento cirúrgico na região do abdômen, de forma minimamente invasiva.

Ele e sua esposa, Maria de Lourdes Danso Vicente de Azevedo, eram quem moravam no casarão que atualmente vive Margarida. Além da riqueza, o casal era conhecido na região pelas ações generosas, como distribuição de comida e roupas a moradores de rua, conforme detalhou o jornalista Chico Felitti no podcast. O médico faleceu em 1998, aos 91 anos, e então Maria de Lourdes morou com Margarida até 2011, ano de seu falecimento. 

A história do Barão de Bocaina permanece viva quando o assunto é imóvel. O fazendeiro ergueu próximo da avenida Paulista um casarão que hoje é conhecido como a Casa do Barão de Bocaina. 


A MULHER DA CASA ABANDONADA 

Com o sucesso de A Mulher da Casa Abandonada, podcast do jornalista Chico Felitti para a Folha de S. Paulo, veio à tona um crime cometido nos Estados Unidos há décadas. Margarida Maria Vicente de Azevedo Bonetti e seu marido, Rene Roberto Bonetti, mantiveram uma empregada doméstica em condições análogas à escravidão, durante 20 anos.

René Bonetti foi condenado a seis anos de cárcere, pagou indenizações e hoje mora em Virgínia, Estados Unidos, trabalhando como engenheiro. Margarida voltou ao Brasil e se escondeu na mansão dos pais. A mãe morreu, a casa deteriorou, e lá segue ela com sua estranha pomada branca no rosto. 

Margarida Bonetti segue até hoje sem condenação. Há o fato de que acordos internacionais dificultam processos contra brasileiros que cometem crimes no exterior, já que as leis divergem entre si. Mesmo na lista de foragidos do FBI, Margarida Bonetti será dificilmente presa, uma vez que o crime já prescreveu a mais de dez anos. 


O QUE DIZ MARGARIDA BONETTI?

A Mulher da Casa Abandonada não chegou ao fim. Na próxima quarta-feira (20), finalmente conheceremos a versão de Margarida Bonetti, na última parte do podcast de Chico Felitti."Parece um filme, é meio inacreditável", adianta. O fim do episódio desta quarta-feira (13) é o prenúncio para o que está por vir; ouvimos as desculpas de Bonetti para fugir do jornalista até o momento em que diz que falará com ele. 


Você está acompanhando A Mulher Da Casa Abandonada?

  • Sim e adorando!
  • Sim e não gostei...
  • Não, mas quero!
  • Não, e nem quero...

HFTV NAS REDES SOCIAIS

YOUTUBE | TIKTOK | INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK | PODCAST | NEWSLETTER