Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Tudo sobre o crime chocante cometido por ator de Riverdale

Ator de Riverdale assassinou a mãe e pretendia cometer outros crimes

@nicolybastos_| Publicado em 15/06/2022, às 17h46 - Atualizado em 17/06/2022, às 15h39

Tudo sobre o crime chocante cometido por ator de Riverdale - Reprodução
Tudo sobre o crime chocante cometido por ator de Riverdale - Reprodução

O ex-ator de RiverdaleRyan Grantham se declarou culpado de assassinar sua mãe na Colúmbia Britânica, além de revelar que planejava dirigir até Ottawa para matar o primeiro-ministro canadense Justin Trudeau. As informações foram obtidas pela CBC News.

Os detalhes surgiram quando Ryan Grantham apareceu no tribunal esta semana para ser sentenciado pelo assassinato de Barbara Waite, ocorrido em abril de 2020. Grantham, que se declarou culpado de assassinato em segundo grau em março deste ano, admitiu ter atirado na nuca de sua mãe enquanto ela tocava piano em sua casa em Squamish, ao norte de Vancouver.

No dia seguinte, o ex-ator carregou um carro com três armas, munição, 12 coquetéis Molotov, material de acampamento e um mapa do Google com instruções para a residência de Trudeau em Rideau Cottage, disseram os promotores ao tribunal. A CBC informou que Grantham havia escrito em um diário sobre suas intenções de matar o ministro e em uma declaração à polícia.

Ele teria dirigido cerca de 200 quilômetros até a cidade de Hope antes de dar meia-volta e pensar em cometer um ato de violência em massa na ponte Lions Gate, de Vancouver, ou na Simon Fraser University, onde estudava. Em vez disso, ele dirigiu até uma delegacia de polícia de Vancouver, onde disse a um policial: “Matei minha mãe”.

Grantham, que começou a atuar profissionalmente aos nove anos de idade, desempenhou o papel coadjuvante de Jeffrey Augustine em um episódio de Riverdale em 2019. Ele também apareceu em Supernatural e no filme de 2010, Dairy of a Wimpy Kid.

O tribunal ouviu que o ator estava lutando com ansiedade e depressão, e expressou o desejo de cometer suicídio ou violência contra outras pessoas nos meses que antecederam o assassinato de sua mãe. Grantham disse à polícia em um comunicado que passou as horas após o assassinato fumando maconha, bebendo cerveja e tentando fazer coquetéis molotov.

No dia seguinte, ele colocou velas ao redor do corpo de sua mãe antes de sair em seu carro. Sua irmã, Lisa Grantham, foi quem descobriu o corpo de sua mãe naquela noite depois que repetidas ligações e mensagens não foram respondidas.

Em uma declaração de impacto, ela disse que sua vida havia sido “devastada” pelo assassinato e que seu irmão era uma pessoa perigosa. No segundo dia da audiência de sentença, o tribunal ouviu que Grantham sofria de intensa depressão clínica nos meses que antecederam a morte de sua mãe.

Dois relatórios psiquiátricos encomendados após o assassinato descobriram que ele tinha um transtorno por uso de cannabis após anos de uso pesado, mas foi capaz de manter uma aparência externa de que estava funcionando normalmente.

De acordo com os dois relatórios, Grantham disse a especialistas que queria matar sua mãe para poupá-la de testemunhar a violência que ele planejava cometer. A promotora Michaela Donnelly disse ao tribunal que o jovem de 24 anos havia cometido uma “quebra de confiança de partir o coração”.

Barbara Waite amava muito seu filho, era uma mãe excelente e em sua mente não tinha motivos para temê-lo”, disse Donnelly, segundo a CBC.

Os promotores pediram uma sentença mínima sem liberdade condicional de 17 a 18 anos. A audiência de julgamento continua.

O MISTÉRIO CONTINUA...

Seja por falta de evidências ou simplesmente mistérios bizarros, diversos crimes reais não apresentam nenhuma solução até hoje. Apesar dos esforços e tecnologias de ponta nas investigações, há muitos casos que ainda não foram resolvidos e outros que ganharão sequer  alguma resolução. Bem-vindo aos crimes reais não resolvidos até hoje.

Neste e em outros episódios, é normal bater aquela vontade de ativar nosso Sherlock Holmes interior! E foi por isso que o HFTV separou uma lista com 10 casos de crimes reais que marcaram o mundo pela sua falta de resolução e continuam gerando teorias por aí...

Leila AQUI a história completa!


HFTV NAS REDES SOCIAIS 👇 

YOUTUBE | INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK | SPOTIFY | NEWSLETTER