Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Tudo sobre o testemunho de Johnny Depp contra Amber Heard no tribunal

Testemunho de Johnny Depp ocorreu nesta última semana

@nic_bastos | Publicado em 20/04/2022, às 15h28

Johnny Depp em tribunal contra Amber Heard - Getty Images
Johnny Depp em tribunal contra Amber Heard - Getty Images

Foram seis anos de tempos difíceis”, declarou Johnny Deppdurante seu depoimento de testemunha no julgamento em Fairfax, Virgínia, nesta terça-feira (19). O astro está em batalha contra a ex Amber Heard, que o acusa de violência doméstica. As informações são da US Weekly.

É muito estranho quando um dia você é Cinderela, por assim dizer, então segundos depois você é quase um Quasimodo. Eu não merecia isso, nem meus filhos, nem as pessoas que acreditaram em mim por todos esses anos. Eu não queria que nenhuma daquelas pessoas acreditasse que eu tinha feito algo errado ou mentido para eles ou que eu era uma fraude. Eu me orgulho da honestidade.”

O ator relembrou o “choque completo” que enfrentou depois que Heard afirmou que ele abusou dela. “Nunca cheguei ao ponto de bater na Sra. Heard de forma alguma, nem nunca bati em nenhuma mulher na minha vida”, continuou Depp, referindo-se às acusações anteriores de Heard como “hediondos” e “sem base” em qualquer verdade.

Como eu sabia que não havia verdade nisso, senti que era minha responsabilidade me defender não apenas por mim, mas também por meus filhos, que na época tinham 14 e 16 anos”. Johnny Depp acusou Amber Heard de ameaçar cometer suicídio “muitas vezes” depois que eles entraram em discussões explosivas.

"Ela falou em suicídio em algumas ocasiões, então isso também se torna um fator”, testemunhou o ator no tribunal. “Isso é sempre algo que vive na sua cabeça e que você teme”. 

Depp alegou ainda que quando ele tentava acabar tudo, Heard o impedia e dizia que ela “morreria” sem ele. “Muitas vezes, quando eu tentava sair, ela me parava no elevador com os seguranças, chorando, gritando, sabe, ‘não vivo sem você. Eu vou morrer’, alegou.

Depp afirmou que, quando conseguia “escapar”, Heard o seguia até sua casa: “Cinco minutos depois... ela chegava de camisola, gritando no estacionamento em frente à minha casa. Gritando, céus, seriam 4 da manhã, 3 da manhã”, alegou. “Foi ridículo, estava fora de controle, era incontrolável.”

Amber Heard ainda não respondeu às últimas acusações do ex no tribunal.