Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Julgamento de Black Chyna contra Kardashians ganha novo veredito

Julgamento de Black Chyna contra Kardashians ganhou mais um capítulo

@nicolybastos_ Publicado em 12/05/2022, às 14h18

Julgamento de Black Chyna contra Kardashians ganha novo veredito - Reprodução
Julgamento de Black Chyna contra Kardashians ganha novo veredito - Reprodução

A socialiteBlac Chyna sofreu outro perda legal em sua luta contra as Kardashian-Jenners. Isso porque, ela acabou perdendo uma moção (proposta formal) para que o juiz de seu julgamento fosse dispensado por alegações de que ele era tendencioso em relação à família famosa. As informações foram obtidas e divulgadas pelo site Page Six

O juiz do Tribunal Superior de Los Angeles, Gregory Alarcon, disse que Chyna não forneceu evidências para apoiar suas alegações e acabou por defender sua postura imparcial. A ex-integrante de “Rob & Chyna” apresentou os documentos acusando Alarcon de mostrar uma atitude “inegavelmente hostil e extremamente tendenciosa” contra ela e seu advogado logo depois que ele decidiu ficar contra ela em seu processo de difamação contra as Kardashian-Jenners.

O advogado da família reagiu em um comunicado, chamando a última apresentação de Chyna de um “esforço infundado para salvar a face depois de perder no julgamento”.

Ele continuou dizendo que enquanto Chyna está decepcionada com a decisão, o esfroço dela e de Lynne Ciani, sua advogada,  “para fazer um bode expiatório do juiz Alarcon é frívolo, desonesto e merecedor de sanções”, acrescentando para Ciani não questionar o juiz até “depois que o júri decidir contra seu cliente”.

Blac Chyna está processando Kris Jenner, Kylie Jenner, Kim Kardashian, Khloé Kardashian e o ex Rob Kardashian por US$ 40 milhões derivado de suposta perda de lucros e mais de US$ 60 milhões em ganhos futuros, alegando que a família usou sua influência para manchar sua reputação e cancelar uma segunda temporada de Rob & Chyna.

Após um julgamento de duas semanas, o júri decidiu que nenhuma indenização seria concedida a ela. Em resposta, a mãe de Chyna, Tokyo Toni, lançou uma petição para arrecadar US$ 400.000 a fim de recorrer da decisão. Ela levantou apenas US $ 1.311 até agora.