Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

J.K. Rowling está envolvida em nova polêmica sobre transfobia

Mais uma vez, J.K. Rowling está envolvida em acusações de transfobia

@nic_bastos | Publicado em 09/03/2022, às 14h42

Getty Images
Getty Images

J.K. Rowling não cansa de bater na mesma tecla e voltou a ser acusada de transfobia pelas redes sociais. Tudo começou na última segunda-feira (7/3), quando a autora de Harry Potter entrou em conflito com a primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, depois que um Projeto de Lei de Reforma do Reconhecimento de Gênero foi apresentado no parlamento escocês.

A mudança legislativa visa simplificar a burocracia para o reconhecimento de gênero de pessoas transexuais, independente de relatórios médicos ou provas de uma transição. J.K. Rowling se pronunciou sobre isso no twitter:

 Vários grupos de mulheres apresentaram evidências de boa fonte ao governo de Nicola Sturgeon sobre as prováveis consequências negativas dessa legislação para mulheres e meninas, especialmente as mais vulneráveis. Tudo foi ignorado", escreveu Rowling em sua conta no Twitter. "Se a legislação for aprovada e essas consequências ocorrerem como resultado, não podem fingir que não foram avisados", acrescentou. 

Sturgeon, então, argumentou que a legislação "não dá mais direitos às pessoas trans, não dá às pessoas trans um único direito adicional que elas não têm agora. Nem tira das mulheres nenhum dos direitos atuais existentes que as mulheres têm sob a lei de igualdade".

Recentemente, a autora entrou em outro conflito com o país. No Twitter, ela compartilhou uma matéria publicada pelo jornal The Times que noticiava que a polícia da Escócia está sendo criticada por dizer que os registros de estupro cometidos por pessoas “com genitália masculina”, que se identificam como mulheres, serão reportados como estupros cometidos por mulheres. 

"Guerra é paz. Liberdade é escravidão. Ignorância é força. O indivíduo com pênis que te estuprou é uma mulher", escreveu na legenda. Nas redes sociais, internautas apontaram (novamente) a fala da autora como sendo transfóbica (de novo). 

Em 2020, Rowling tuitou pela primeira vez sobre um artigo de opinião a respeito de "pessoas que menstruam" e zombou do texto por não usar a palavra "mulheres".


HFTV NAS REDES SOCIAIS 👇 

YOUTUBE | INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK | SPOTIFY | NEWSLETTER