Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Irmã de Amber Heard acusa Johnny Depp de agredir a atriz: "Eu vi"

Whitney, irmã de Amber Heard, alega ter visto supostas agressões de Johnny Depp

@helograssi | Publicado em 19/05/2022, às 11h43 - Atualizado às 13h08

Irmã de Amber Heard acusa Johnny Depp de agredir a atriz: "Eu vi" - Reprodução
Irmã de Amber Heard acusa Johnny Depp de agredir a atriz: "Eu vi" - Reprodução

O julgamento Amber Heard x Johnny Depp continua e, nesta quarta-feira (17), foi a vez de Whitney Heard Henriquez, irmã mais nova de Amber Heard, depor no tribunal, no caso de difamação promovido pelo ator contra sua ex-esposa; ele alega que o artigo escrito por ela para o Washington Post, no qual se descreve como sobrevivente de violência doméstica, lhe trouxe danos morais e financeiros.

Whitney iniciou o seu testemunho dizendo que viveu com Amber e Depp durante um certo tempo de seu relacionamento e que o via como um irmão. Ela contou sobre um caso no qual o ator teria jogado uma latinha de red bull na enfermeira Debbie Lloyd, esta que negou o incidente, e tentou bater em si.

Eu corri para o andar de cima atrás de Debbie, ele chegou por trás e me acertou nas costas. Eu ouvi Amber gritar para ele não bater em mim. Ela deu um tapa nele e então, ele a pegou pelo cabelo com uma mão e começou a dar diversos tapas nela com a outra mão.”

Ela comentou também que, durante algumas brigas, ela era totalmente imparcial, enquanto em outras, ela ficava do lado da irmã e, em outras, do lado do Depp. A equipe de Depp, em seu interrogatório, perguntou: “Você queria que a srta. Heard ficasse com sr. Depp mesmo após você vê-lo batendo nela?”

Isso é simplificar algo que está longe de ser simples. Amber estava muito apaixonada, assim como Johnny estava. Quando ela me dizia que queria algo, mesmo eu concordando ou não com aquilo, mesmo eu estando OK ou não com aquilo, aquele não era meu local de intervir ou dizer algo.”

AMBER HEARD EM AQUAMAN

De acordo com Heard, ela perdeu muito com a repercussão do seu caso. Ainda segundo Heard, a Warner Bros. e a DC Comics estariam relutantes e não “queriam incluí-la” no filme Aquaman and The Lost Kingdom, a segunda sequência do filme. Ela acrescentou que estava em uma preparação árdua para o filme, no entanto, foi interrompida pela equipe de Depp a acionando judicialmente:

"Me deram um roteiro e, a cada nova versão que me davam, o meu personagem ficava menor e tiravam cenas que tinham ação comigo, trocavam meu personagem por outro, não quero dar spoilers, eles colocam dois personagens para brigar e isso anulou completamente minha personagem da história. Eles removeram muito.”

HFTV NAS REDES SOCIAIS 👇

YOUTUBE | INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK | SPOTIFY | NEWSLETTER