Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Amber Heard fala sobre fitas onde admite ter batido em Johnny Depp

Amber Heard fala sobre fitas tocadas em seu julgamento contra Johnny Depp

@nicolybastos_| Publicado em 14/06/2022, às 18h25

Amber Heard fala sobre fitas onde admite ter batido em Johnny Depp - Getty Images
Amber Heard fala sobre fitas onde admite ter batido em Johnny Depp - Getty Images

Já temos novos detalhes da primeira entrevista concedida por Amber Heard, após a atriz perder o processo de difamação com o ex-marido, Johnny Depp. A conversa com a jornalista Savannah Guthrie está indo ao ar nesta terça e quarta-feira (14 e 15) na NBC e foca em dar espaço às declarações de Heard sobre o resultado do processo.

Em um dos tópicos da conversa, a atriz foi abordada pelas fatídicas gravações de áudio em que ela admitiu ter abusado do ex-marido Johnny Depp. Guthrie questionou Amber Heard sobre suas alegações de que foi vítima de abuso do ator, apontando para argumentos que sua equipe jurídica fez de que a atriz instigou as brigas do ex-casal.

"Eu nunca tive que instigá-lo. Eu respondi a isso", disse Heard à apresentadora. "Quando você está vivendo na violência, torna-se normal, como eu testemunhei. Você tem que se adaptar."

Mas Guthrie apontou para as fitas de áudio em que Heard admitiu ter batido em Depp. Essas gravações, capturadas enquanto Heard e Depp discutiam sua explosiva luta na Austrália em março de 2015, que resultou no dedo médio direito de Depp sendo cortado na ponta, foram tocadas para o júri em abril.

"Você não levou um soco; você foi atingido", disse Heard ao então marido no clipe. "Me desculpe, eu bati em você assim, mas eu não soquei você. Eu estava batendo em você. Eu não sei o que aconteceu. O movimento da minha mão foi, mas você está bem. Eu não te machuquei. Eu não dei um soco em você. Eu estava batendo em você."

Apesar do que foi dito, Heard disse a Guthrie que o que foi capturado nesses clipes "não era evidência do que estava acontecendo. Eles eram evidências de uma negociação de como falar sobre isso com seu agressor".

Mas Guthrie continuou em Heard. "Estou olhando a transcrição onde ele diz. 'Você começa uma luta física' e você disse: 'Eu comecei uma luta física. Não posso dizer que não vou começar uma de novo.'", ela respondeu. "Eu entendo o contexto, mas você testemunhou que nunca começou uma briga física e aqui está você na fita dizendo que começou".

“Como testemunhei no depoimento, quando sua vida está em risco, você não apenas assume a culpa por coisas pelas quais não deveria, mas quando está em uma dinâmica abusiva – psicologicamente, emocionalmente e fisicamente. - você não tem os recursos que dizem que você ou eu temos com o luxo de dizer: 'Isso é preto e branco' porque é tudo menos quando você está vivendo nele", disse Heard.

A atriz acrescentou que as fitas, que ela disse que "vazaram pela primeira vez online após serem editadas", não compartilharam a história completa de seus encontros com Depp. "Os clipes de 20 segundos ou as transcrições deles não são representativos das 2 ou 3 horas de que foram extraídos", disse ela.

A partir daí, Guthrie a pressionou sobre por que ela não havia enviado as gravações na íntegra para começar.

"Não sou advogada", disse Heard. “Como testemunhei, eu estava falando nessas gravações como uma pessoa em uma quantidade extrema de sofrimento psicológico, emocional e físico”.