Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

61 anos de Lady Di: os momentos inesquecíveis da Princesa de Gales

Pelo que Princesa Diana precisa ser lembrada? HFTV traz os momentos que mostram que simplesmente não podemos esquecer “A Princesa do Povo”

@nicolybastos_| Publicado em 01/07/2022, às 15h30

61 anos de Lady Di: os momentos inesquecídeis da Princesa de Galles
61 anos de Lady Di: os momentos inesquecídeis da Princesa de Galles

"As pessoas pensam que, no final das contas, um homem é a única resposta. Na verdade, um trabalho gratificante é melhor para mim". Mais de 20 anos após o acidente de carro fatal de Lady Di, "A Princesa do Povo" continua a viver grande em nossos corações - nesta sexta-feira (01), completando 61 anos.

O grande casamento de Charles e Diana nunca foi a fábula de fantasia que os casamentos reais deveriam ser. Como todo grande ícone, depois que a conheceram, algumas pessoas passaram a admirar Princesa Diana por sua beleza e dignidade. Outros, por quanto ela revolucionou o status de uma personagem da família real.

Who Wore It Best? Relembre as atrizes que interpretaram Lady Di nos cinemas

Na famosa entrevista para a BBC sobre Diana, somos lembrados de que não havia ninguém mais consciente de seu próprio destino trágico do que a própria. “Não me vejo sendo rainha”, diz ela, com o típico olhar de quem ri de sua própria tragédia.

Porque faço as coisas de forma diferente, porque não sigo um livro de regras, porque lidero com o coração. Toda mulher forte na história teve que trilhar um caminho semelhante”, diz ela na entrevista. “E aguém tem que ir lá e amar as pessoas.

Uma garota de olhos estrelados que se casou aos 19 anos com o príncipe Charles (31), aquele que se tornaria rei algum dia, a princesa Diana lutou contra os rigores da vida real. Logo foi muito mais do que um ícone de estilo, tornando-se uma força filantrópica proeminente, com causas tão variadas quanto a conscientização de minas terrestres e HIV/AIDS.

Desde sua moda e atitude graciosa e fora do comum, até sua morte comovente aos 36 anos, HFTV traz os momentos que mostram os motivos pelos quais simplesmente não podemos esquecer “A Princesa do Povo”.

Princesa Diana durante entrevista

O grande casamento

Lady Diana Spencer casou-se com o príncipe Charles em 1981, no que foi chamado de "o casamento do século". Seu vestido memorável foi desenhado por David e Elizabeth Manuel, consistindo de enormes camadas de tafetá, cobertas com rendas, lantejoulas e dezenas de milhares de pérolas.

Casamento de Lady Di e Príncipe Charles
Casamento de Lady Di e Príncipe Charles - Reprodução


Herdeiros & a consolidação como nova princesa

Em 21 de junho de 1982, a princesa Diana apareceu nos degraus do St. Mary's Hospital para apresentar o novo herdeiro ao trono, o príncipe William.

Em 1983, a princesa acompanhou o príncipe Charles e o bebê William em sua primeira grande turnê. Os jovens da realeza visitaram a Austrália e a Nova Zelândia, encontrando representantes do povo maori. Foi nesse momento que Diana demonstrou pela primeira vez sua bondade com as pessoas que conheceu, levando ao apelido que ela manteve durante o resto de sua vida de ser a "Princesa do Povo".

Apenas dois anos após o nascimento de seu primeiro filho, Lady Di deu as boas-vindas ao príncipe Harry, em 15 de setembro de 1984.


The Travolta Dress

A princesa Diana estava rapidamente se tornando um ícone de estilo, e sua aparição em um evento de Gala da Casa Branca a cimentou nesse papel. Ao visitar o presidente Reagan, Diana usou um deslumbrante vestido desenhado por Victor Edelstein. O look foi apelidado de 'Travolta Dress', já que Lady Di também acabou dançando com o galã americano John Travolta - e as fotos deles deslizando pela sala circulam aos montes até hoje.

Lady Di e John Travolta
Lady Di in the room - com John Travolta! - Getty Images 


Seu papel como presidente do Great Ormond Street Hospital for Children

A princesa também esteve envolvida em muitas causas de caridade, mas uma de suas mais notáveis foi o trabalho que fez com crianças. Em 1989, ela se tornou presidente do Great Ormond Street Hospital for Children, em Londres, e era vista visitando regularmente o hospital, apoiando os pequenos em seus novos desenvolvimentos.


Leonard Prize

Em junho de 1995, Diana visitou um hospital infantil em Moscou que ela havia apoiado anteriormente por meio de seu trabalho de caridade. Enquanto estava na capital russa, Diana foi agraciada com o Prêmio Leonard, concedido aos patronos e pessoas mais ilustres das artes, medicina e esporte. Este seria o primeiro de uma série de prêmios concedidos a ela por seu trabalho filantrópico.


Seu trabalho com vítimas de AIDS

Nos anos 1980 e início dos anos 1990, havia um enorme estigma associado às pessoas com HIV e AIDS. Princesa Diana desempenhou um grande papel na desestigmatização da doença, primeiro apertando a mão de um portador de AIDS em 1987, quando ainda não se sabia se a doença poderia ser contraída por contato físico.

Lady Di aperto de mão
O aperto de mão inesquecível de Lady Di - Reprodução

Em 1989, ela abriu o Landmark AIDS Centre no sul de Londres, onde continuou a trabalhar de perto com os pacientes. Embora a empreitada não tenha tido o apoio da família real, o seu trabalho continua a ser reconhecido hoje como um ato de extrema bondade e compaixão para com um grupo altamente estigmatizado.

Rihanna e Lady Di envolvidas em rolês malucos de Hollywood?


Cruz Vermelha & Minas terrestres

Entre as outras causas de caridade notáveis ​​de Diana estava a Cruz Vermelha, da qual ela se tornou patrona em 1988. Esse papel a levou a viajar pelo mundo em apoio aos projetos da Cruz Vermelha. Aqui, ela é fotografada visitando o centro da Cruz Vermelha no Nepal em março de 1993.

Ela também lutou apaixonadamente pela proibição de minas terrestres. Apenas alguns meses antes de morrer em um acidente de carro, a princesa Diana viajou para Angola, e uma imagem duradoura dela entrando em um campo minado ativo permanece em nossas mentes e corações. Ela defendeu ardentemente a proibição de minas terrestres e mais uma imagem icônica dela sentada ao lado de uma jovem com uma perna amputada também saiu da visita.


Ela não tinha medo de falar o que pensava, ou quebrar o protocolo

A Princesa do Povo pode ter sido a primeira entre a realeza a falar o que pensava com força, sem deixar a coroa cair. Na maioria das vezes, ela preferia não usar chapéus ou luvas, especialmente para se sentir apenas mais uma entre as pessoas com quem estava apertando a mão.

Princesa Diana e os filhos, Harry e William
Princesa Diana e os filhos, Harry e William - Getty Images 

Ela não também se esquivava de mostrar seu afeto aos filhos em público e os levou na maioria das viagens reais, mesmo quando eram bebês - o que não era muito usual. Além disso, após seu divórcio com o príncipe Charles, ela ainda mencioncou em infame entrevista que “havia uma terceira pessoa no meu casamento” 👀


HFTV NAS REDES SOCIAIS 👇

YOUTUBE | INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK | PODCAST | NEWSLETTER