Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Príncipe Andrew "surtava" se mexessem em sua coleção de ursinhos de pelúcia!

Ex-segurança da família real britânica revelou detalhes sobre a coleção inusitada do Príncipe Andrew

@isafrasinelli | Publicado em 17/01/2022, às 11h59

Príncipe Andrew durante entrevista em 2021 - Steve Parsons/Pool Photo via AP
Príncipe Andrew durante entrevista em 2021 - Steve Parsons/Pool Photo via AP

Novo item na lista de fatos curiosos sobre a família real britânica: o príncipe Andrew apresentava uma grande coleção de ursinhos de pelúcia em seu quarto. E a extravagância do filho de Elizabeth II não termina por aí, já que ele "surtava" caso mexessem nos quase 60 itens que colecionava. 

👉 ASSINE NOSSA NEWSLETTER 👈

Quem revelou a peculiaridade de Andrew foi Paul Page, ex-segurança da realeza. A declaração foi feita ao documentário Ghislaine, Prince Andrew and the Paedophile (Ghislaine, Príncipe Andrew e o Pedófilo, em tradução livre) e noticiada pelo tabloide britânico Daily Mirror.

Paul trabalhou com a família real entre 1998 e 2004, período em que teve acesso aos espaços ocupados pelo príncipe nas residências reais. O segurança afirma que um dos quartos de Andrew apresentava uma cama com muitos animais de pelúcia, que estavam em posições que não deveriam ser alteradas pelos funcionários. 

"Eram entre 50 e 60 bichinhos de pelúcia e havia uma foto em um armário com todos esses ursinhos em suas posições. O objetivo da foto era que esses ursinhos ficassem sempre na mesma posição, se as arrumadeiras não deixassem naquelas posições, ele surtava e gritava."

O documentário que expõe a coleção de ursinhos de pelúcia de Andrew é focado em explorar a relação do príncipe com a rede criminosa de tráfico e exploração de mulheres de Jeffrey Epstein (1953-2019) e Ghislaine Maxwell. O empresário cometeu suicídio enquanto aguardava na prisão o julgamento sobre o caso, que condenou sua sócia a 65 anos de prisão.

Virginia Giuffre, vítima de Epstein, apontou e denunciou o envolvimento de Andrew com os crimes. Ela afirma ter sido abusada sexualmente pelo príncipe quando tinha 17 anos, em 2001, nas propriedades de Jeffrey. Após a acusação, o filho da rainha renunciou aos títulos militares e abriu mão de seus cargos honorários, deixando de atender pelo título de Sua Alteza Real. 

Ainda no documentário, a escritora Elizabeth Day diz ter visto a coleção de ursinhos em um quarto do Palácio de Buckingham em 2019: "Pareceu muito estranho que um homem crescido fosse tão encantado por animais de pelúcia."


O primeiro LIVE IS DEAD! de 2022 está entre nós & com um tema que a gente simplesmente ama: BLIND ITEMS (ou FOFOCA ÀS CEGAS, em uma tradução livre HFTV)