Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Pam e Tommy: o escândalo sexual dos anos 90 que virou série do Star+

Chega ao Star+ Pam e Tommy com os bastidores do escândalo sexual de Pamela Anderson e Tommy Lee

Redação Publicado em 02/02/2022, às 15h40

Lily James e Sebastian Stan imitam pose icônica de Pamela Anderson e Tommy Lee - Reprodução
Lily James e Sebastian Stan imitam pose icônica de Pamela Anderson e Tommy Lee - Reprodução

A aguardada série dramática Pam & Tommy   estreou na rede de streaming Star+ nesta quinta-feira (2) com os dois primeiros episódios. Ambientada nos primórdios da internet, a minissérie é baseada na incrível história real por trás da primeira sex tape que viralizou, em 1998, protagonizada por Pamela Anderson (Lily James) e Tommy Lee (Sebastian Stan).

👉 ASSINE NOSSA NEWSLETTER 👈

Uma história de amor, uma travessura criminal e um conto com uma moral é o que o produtores buscam retratar na nova produção. A minissérie original tem oito episódios e explora cruzamentos entre a privacidade, a tecnologia e a fama, traçando as origens da atual era dos realities até uma fita roubada vista por milhões de pessoas, mas destinada a ter um público de apenas duas!

Mas como foi o escândalo real?

Para te deixar mais por dentro da história antes de assistir Pam & Tommy, HFTV resolveu contar os fatos reais desse causo que é um dos mais polêmicos de Hollywood. Assim você já vai preparado para aproveitar (e julgar rs) a nova produção da melhor forma possível.

Uma das grandes estrelas da década de 90, Pamela Anderson era um verdadeiro exemplo de sensualidade para a época. Estrelou em produções como S.O.S Malibu (Baywatch, no título original), Barb Wire - A Justiceira e Desejo Fatal e foi destaque da revista Playboy. Tommy Lee era integrante da Mötley Crüe, a banda de glam metal, considerada uma das maiores da história, que acabou tendo um fim após problemas do grupo com drogas. 

Foi em 1994 que eles se conheceram, durante uma festa de ano novo. Rapidamente ficaram obcecados um pelo outro e apenas dois dias depois do encontro, o metaleiro viajava para Cancun a fim de pedir Pamela em casamento, enquanto a musa participava de uma sessão de fotos. Seis semanas depois, estavam casadíssimos, em uma semana bem intimista realizada na praia.

Tudo ia bem até o ano seguinte, quando tudo desmoronou enquanto o casal assistia ao jornal, como de costume. Isso porque, sem terem o menor conhecimento prévio, acabaram sendo notícia, mais precisamente, vítimas de um verdadeiro escândalo. A gravação de uma relação sexual de Tommy e Pamela estava comercializada, disponível para muita gente.

O vídeo foi gravado pelos dois, durante uma viagem de barco a Lake Mead em lua de mel. O registro foi feito pelo próprio Tommy, que registrava o passeio em sua câmera a fim de guardar como uma recordação. A intenção é que somente ele e Pam tivessem acesso, e nunca haviam pensado em comercializar a fita.

"Nós assistimos ao vídeo uma vez quando chegamos em casa, depois eu coloquei em nosso cofre, uma monstruosidade de 226 quilos, escondido embaixo de um tapete na sala de controle do meu estúdio na garagem", anunciou o artista na época.

Caso Criminal

Em 1995, o casal contratou alguns profissionais para fazerem uma reforma na casa que moravam em Malibu. No entanto, eles acabaram sendo dispensados sem receberem os US$ 20 mil que era deles por direito. Entre eles estava Rand Gauthier, eletricista que junto de alguns colegas foi cobrar o que os artistas deviam. 

Todos acabaram ameaçados de morte por Tommy e acabaram desistindo do dinheiro - com execção de Rand. Como retratado na série, o eletricista ficou muito insatisfeito com o tratamento hostil que recebeu - e o dinheiro que não - e, por vingança, assaltou o cofre em busca de itens de valor. A fita acabou sendo encontrada de forma acidental, mas o eletricista pensou que poderia se dar muito bem com o obejto - ainda mais por se tratar de um conteúdo adulto de uma figura já muito conhecida e sexualizada como Pamela Anderson.

Ao arrombar o cofre, ele também encontrou armas, joias e o biquini usado por Pamela no dia do casamento. O casal só foi descobrir o roubo em janeiro de 1996, com a notícia da sextape comercializada.

O pós

Pamela e Tommy travaram uma batalha gigantesca para tentar impedir a divulgação e a comercialização do vídeo, que no fim das contas acabou sendo visto por milhões de pessoas. A pirataria e outros esquemas criminais tornaram a fita um produto altamente lucrativo. Estima-se que a sextape do casal tenha rendido US$ 77 milhões de lucro à época. O crime também enfatizou o grande poder da viralização, que estava surgindo com a internet.
O casal acabou terminando o relacionamento em 1998. Pamela Anderson foi quem mais sofreu consequências pessoais, o que será melhor abordado na nova produção. 

Além dos protagonistas, o elenco da minissérie também é composto por Nick Offerman (Parks & Recreation), Seth Rogen (Vizinhos), Taylor Schilling (Orange is the New Black) e Andrew Dice Clay (Nasce Uma Estrela). É escrita pelos produtores executivos Rob Siegel e DV DeVicentis e tem direção do produtor executivo Craig Gillespie.Os episódios serão lançados semanalmente no Star+. 

Quem já deu o play?