Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

John Lennon: 5 curiosidades polêmicas sobre um dos maiores fenômenos da história do rock

Aos bethamaniacos, HFTV relembra 5 fatos polêmicos da vida pessoal e carreira de Lennon; Confira

Vitória Araújo Publicado em 23/05/2022, às 20h00 - Atualizado em 26/05/2022, às 20h00

Relembre 5 fatos e curiosidades polêmicas sobre a vida cantor! - Crédito: Reprodução
Relembre 5 fatos e curiosidades polêmicas sobre a vida cantor! - Crédito: Reprodução

Guitarrista, vocalista e um dos principais compositores dos Beatles, John Lennon se tornou um grande ícone do século XX. Considerado um dos maiores cantores da história do rock, Lennon foi assassinado em 1980, mas até hoje seu legado é reverenciado por uma legião de fãs ao redor do mundo. Pensando nisso, HFTV  relembra 5 fatos e curiosidades polêmicas da sua vida pessoal e carreira no mundo da música. Confira:

1. Farpas e acusações

Cynthia Powell, a primeira mulher de Lennon publicou trechos reveladores sobre o cantor, em uma biografia lançada em 2005. Ela afirma que o Beatle era violento e tinha sérias crises de ciúmes, durante as quais costumava agredi-la. Em um dos trechos da obra, a ex-mulher relata que já foi espancada pelo músico. O casal ficou junto durante 8 anos, e do fruto do relacionamento amoroso, nasceu Julian.


2. Nudes

A capa da “Rolling Stone” em que John Lennon aparece nu, foi eleita a melhor capa de revista norte-americana. A edição saiu nas bancas em 1981.


3. Tragédia na família

Em meados de 1958 a mãe de John, Julia Lennon foi atropelada e morta. A morte mexeu com a cabeça do jovem músico, que passou a beber bastante e a se envolver em brigas pelos bares.


4. Polêmica!

Em 1966, Lennon causou polêmica ao afirmar, em entrevista, que os Beatles eram mais famosos que Jesus Cristo. Dias depois, ele veio a público para tentar se  justificar  dizendo que, na verdade, a imprensa teria divulgado a frase fora do contexto original. “Eu quis dizer que os jovens falavam mais dos Beatles do que de Jesus Cristo”, explicou.


5. Horas antes de ser morto, autografou um disco para seu assassino

Em dezembro de 1980,  John Lennon saiu de seu prédio a pé para uma sessão de gravação em Nova York. Ao sair de sua residência, o Beatle foi abordado cinco horas antes por um “fã” que queria um autógrafo em sua cópia do disco Double Fantasy. O que Lennon não esperava é que aquele seria o seu assassino horas depois.


HFTV NAS REDES SOCIAIS 👇 

YOUTUBE | INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK | SPOTIFY | NEWSLETTER