Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Britney Spears toma providências jurídicas sobre Jamie Lynn

Britney Spears toma providências jurídicas sobre Jamie Lynn

@isafrasinelli | Publicado em 19/01/2022, às 16h40

Imagens das irmãs Britney Spears e Jamie Lynn Spears - Isaac Brekken/Getty Images for Clear Channel | Michael Loccisano/Getty Images
Imagens das irmãs Britney Spears e Jamie Lynn Spears - Isaac Brekken/Getty Images for Clear Channel | Michael Loccisano/Getty Images

Após diversos posicionamentos nas redes sociais, a briga pública entre Britney Spears e Jamie Lynn começou a envolver medidas jurídicas. Segundo informações do Page Six, o advogado da cantora, Mathew Rosengart, enviou uma carta à atriz com um pedido formal para que ela pare de citar a irmã. 

👉 ASSINE NOSSA NEWSLETTER 👈

O profissional solicita que Jamie não mencione a irmã ao divulgar o lançamento de seu livro de memórias, intitulado Things I Should Have Said. Segundo Britney, a obra conta com mentiras que sua irmã estaria usando para se promover. 

"Prezada Sra. Spears: Como você sabe, eu represento sua irmã Britney Spears, e escrevo a seu pedido sobre o assunto acima mencionado. Escrevemos com alguma hesitação porque a última coisa que Britney quer é trazer mais atenção para seu livro inoportuno e suas afirmações enganosas ou ultrajantes sobre ela", iniciou o advogado. 

“Embora Britney não tenha lido e não pretenda ler seu livro, ela e milhões de seus fãs ficaram chocados ao ver como você a explorou para ganhar dinheiro. Ela não vai tolerar isso, nem deveria. Você, mais do que todas as pessoas, sabe o abuso e as irregularidades que Britney teve que suportar durante a tutela, depois de inicialmente crescer com um pai alcoólatra. Na verdade, seu próprio livro afirma que seu pai passou a maior parte da minha vida nesse ciclo de comportamento ruinoso. Suas crises de bebida me causaram períodos de tormento e tristeza."

“Como eu disse anteriormente, tendo sofrido uma tutela de 13 anos que a privou de direitos civis e liberdades fundamentais, Britney não será mais intimidada por seu pai ou qualquer outra pessoa. Britney era o ganha-pão da família e ela também apoiou você. Divulgar publicamente reclamações falsas ou fantasiosas é errado, especialmente quando projetado para vender livros. Também é potencialmente ilegal e difamatório”, ressalta Mathew.

Ainda na carta, o advogado destaca que pode tomar novas providências jurídicas caso Jamie Lynn continue citando Britney Spears durante a divulgação de seu livro: "Você recentemente declarou que o livro ‘não era sobre ela’. Ela acredita em sua palavra e nós, portanto, exigimos que você pare e desista de fazer referência depreciativa a Britney durante sua campanha promocional. Se você não fizer isso ou difamá-la, Britney será forçada a considerar e tomar todas as medidas legais apropriadas."

De acordo com o Page Six, Jamie ainda não recebeu a carta, mas já ficou ciente do conteúdo pela imprensa. 


O primeiro LIVE IS DEAD! de 2022 está entre nós & com um tema que a gente simplesmente ama: BLIND ITEMS (ou FOFOCA ÀS CEGAS, em uma tradução livre HFTV)