Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

27 anos depois, Dave Grohl ainda busca "cura" pós morte de Kurt Cobain

Artista do Foo Fighters também revelou que suas filhas "amam o Nirvana"

@isafrasinelli / Publicado em 21/09/2021, às 15h16

Reprodução
Reprodução

When Nirvana Came to Britain é um novo documentário sobre a passagem da banda de rock americana no Reino Unido. Em uma nota divulgada pelo Loudwire, descobrimos que a produção traz um relato de Dave Grohl sobre sua relação com a morte de Kurt Cobain

👉 SIGA O HFTV NO TIKTOK 👈

Em uma entrevista para o projeto, o artista do Foo Fighters disse que ainda “está processando” o falecimento do amigo, principalmente porque precisou explicar a morte do colega de banda para as filhas. Dave, que é pai de Violet (15), Harper (12) e Ophelia (7), revelou que as três são fãs do Nirvana. 

"Ainda estou processando a morte do Kurt, porque tenho que explicar para as minhas filhas, que amam o Nirvana. Porque por muito tempo, eu tentei processar e falar sobre isso com amigos e família e coisas assim, e eles me ajudavam, mas agora sinto que tenho que ajudar minhas filhas a passar por isso também. É uma vida inteira de cura."

Vale lembrar que, para a Rolling Stone, Grohl confirmou que a música Walk, do disco do Foo Fighters Wasting Light (2011), foi escrita em reação a Cobain: "Meio que vem de algo do dia após a morte de Kurt. Acordar naquela manhã e perceber, ‘Oh, merda, ele não está mais aqui. Eu estou. Tipo, eu posso acordar e ele não. Eu estou preparando uma xícara de café. E ele não pode. Eu vou ligar o rádio. E ele não’. Isso foi uma grande revelação para mim."