Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Rock n' Roll e groupies: 10 fatos sobre o filme Almost Famous

Saiba alguns fatos sobre o filme Almost Famous, que conquistou o coração dos fãs de rock.

@helograssi | Publicado em 02/06/2022, às 15h30

Rock n' Roll e groupies: 10 fatos sobre o filme Almost Famous - Reprodução/Columbia Pictures
Rock n' Roll e groupies: 10 fatos sobre o filme Almost Famous - Reprodução/Columbia Pictures

O filme Almost Famous é um dos queridinhos daqueles que amam Rock n’ Roll e todas as suas histórias. Estrelado por Kate Hudson, o filme acompanha um garoto que tem a oportunidade de escrever para a renomada revista Rolling Stone sobre uma banda de rock que está em turnê, e acaba conhecendo muito além do que esperava. Para te dar um gás para conhecer essa obra, nós do HFTV separamos alguns fatos curiosos para você!

É UM FILME SEMIBIOGRÁFICO

O filme foi escrito e dirigido por Cameron Crowe, que passou pela mesma situação que o protagonista William em sua juventude, portanto, baseou o filme em suas memórias, além de criar personagens fictícios. É possível sentir a paixão do diretor pela música e pela história contada toda vez que vemos o filme.

FRANCES MCDORMAND É PERFEITA DA CABEÇA AOS TORNOZELOS...

Já que William é baseado no próprio Cameron, nada mais justo que a mãe do personagem fosse baseada na mãe do próprio roteirista. A atriz Frances McDormand foi a responsável pelo papel. No entanto, Crowe contou que ele tentou ao máximo impedir que a mãe encontrasse a atriz durante as gravações, contudo, foi em vão. Um dia, ele perdeu sua mãe de vista e, quando a encontrou, ela estava almoçando com a Frances. A mãe adorou a sua representação, mas odiou um detalhe: A personagem ficava muito tempo descalça.

MÚSICAS ORIGINAIS

A banda do filme, Stillwater, é ficcional. No entanto, para conseguir ter canções originais no filme, Crowe pediu ajuda para sua ex-esposa Nancy Wilson da banda Heart e do compositor Peter Frampton para criar canções originais baseadas nas grandes bandas dos anos 70.

OS ATORES ENSAIARAM

Uma boa parte da magia do filme é acreditar que era possível que aquela banda, a Stillwater, tivesse um grande potencial. Apesar da música ser um elemento crucial, era ainda mais vital que os atores parecessem realmente com rockstars no palco. Para parecerem mais autênticos, os atores ensaiaram por seis semanas, o que os permitiu parecerem uma banda de verdade.

QUASE TIVEMOS BRAD PITT

O personagem Russell, guitarrista da Stillwater e compositor de todas as suas músicas, é um personagem importante para a trama. Ele foi interpretado pelo ator Billy Crudup, no entanto, o papel quase foi parar nas mãos de Brad Pitt. Cameron Crowe e Brad Pitt tiveram longas negociações. Pitt gostou muito do script, no entanto, Crowe disse que ele não entendia completamente o papel.

PHILIP SAYLOR HOFFMAN ESTAVA DOENTE

O ator Philip Saylor Hoffman interpretou Lester Bangs, um excêntrico crítico de músicas que ajuda o personagem principal a seguir seus sonhos. O que poucas pessoas sabem é que o ator estava doente durante os dias de sua gravação! Apesar de doente, o ator entregou uma performance maravilhosa que, com certeza, o destacou. Para o papel de Lester Bangs, Jack Black foi altamente cogitado.

COLEÇÃO DE DISCOS

Um dos itens de cenografia que mais chamou a atenção do público é a extensa coleção de discos que o personagem principal tinha. E, claro, apenas faz sentido que a coleção generosa pertencesse ao diretor Cameron Crowe. Ele guardou a coleção por mais de vinte anos antes de colocá-la no filme.

TRILHA SONORA PER-FEI-TA

Apesar de uma boa quantidade de músicas originais, o filme também tem uma generosa quantia de músicas clássicas da história do rock. O budget para compra de direitos de música era 3.5 milhões de dólares, e, com esse dinheiro, conseguiram colocar músicas de Neil Young, Led Zeppelin e Fleetwood Mac, além de muitos outros.

KATE HUDSON BREAKOUT

Esse foi um grande papel de Kate Hudson, que interpreta a personagem Penny Lane (como a música dos Beatles). Penny é a musa de Russell e a garota dos sonhos do nosso protagonista. Para o papel, foram consideradas as atrizes Kirsten Dunst e Christina Ricci, enquanto, para Kate, eles acreditavam que ela ficaria melhor interpretando uma coadjuvante, irmã do protagonista. Ainda bem que mudaram de ideia!

A PREPARAÇÃO DE KATE

Para interpretar Penny, Kate disse que ouviu muita música do rock clássico e leu muitos livros. Um deles, I’m With the Band, da ex-groupie Pamela Des Barres. Em entrevista, Kate mostrou admiração pelas personagens: “Você olha elas nos olhos e você vê uma tristeza. Você consegue dizer o quanto elas viveram e como a sua história é massacrada pelo mundo. Mas, ao mesmo tempo, elas sabiam no que estavam se metendo.”


A atual batalha judicial de Johnny Depp e Amber Heard é mais um capítulo de uma novela que que está prestes a acabar. Após semanas de julgamento, conheceremos muito em breve o aguardado veredito do júri. Quem está certo e quem está errado? Na era das narrativas existe, de fato, mocinhos e vilões? É o que Fernanda Soares e Ademir Correa discutem no comeback do LIVE IS DEAD!   


HFTV NAS REDES SOCIAIS 👇

YOUTUBE | INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK | PODCAST | NEWSLETTER