Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Revelações e consequências: tudo sobre o documentário Depp vs. Heard

Novo documentário Depp vs. Heard tem o objetivo de explorar tudo sobre a repercussão do julgamento das estrelas na mídia. Confira mais detalhes!

@nicolybastos_| Publicado em 14/07/2022, às 15h53

Revelações e consequências: tudo sobre o documentário Depp vs. Heard - Divulgação
Revelações e consequências: tudo sobre o documentário Depp vs. Heard - Divulgação

Um novo documentário da NBC News intitulado A Marriage on Trial: Johnny Depp, Amber Heard e Truth in the Age of Social Media é o mais recente mergulho profundo no julgamento de difamação de Amber Heard e Johnny Depp ouvido em todo o mundo – ou visto em todos os lugares através do TikTok, mais especificamente.

Faz pouco mais de um mês que um júri decidiu que a atriz de Aquaman, Amber Heard, difamou seu ex-marido, o astro de Piratas do Caribe, Johnny Depp, quando se referiu a si mesma como “o rosto do abuso doméstico” em um editorial do Washington Post

Desde o veredito, especulações sobre o impacto da decisão em futuros casos de abuso doméstico e o destino geral do #MeToo incitaram medo e ansiedade entre feministas, sobreviventes de abuso e organizações de violência doméstica. Muito também foi dito sobre o papel das mídias sociais no caso Depp-Heard e a forma como os vídeos zombando, manipulando e reencenando o testemunho de Heard se tornaram quase inescapáveis ​​nas plataformas de mídia social, principalmente o TikTok.

Em 30 minutos rápidos, mas impactantes como diz a sinopse, o documentário tenta enquadrar Heard como vítima de assédio online e delinear as maneiras perturbadoras como um assunto íntimo entre duas celebridades se tornou um esporte virtual.

Entre os destaques estão uma das advogadas de Heard, Elaine Bredehoft; Ruth Glenn, CEO da Coalizão Nacional Contra a Violência Doméstica; o editor da People, Nigel Smith; o professor de direito da American University Jamie Abrams; e a repórter de tecnologia e cultura da NBC News, Kat Tenbarge. Também há comentários de apoiadores de Depp, incluindo a TikToker Gia Andreani, cuja obsessão em provar a inocência de Depp, que ela discute casualmente com um jornalista, é uma das partes mais chocantes do filme.

A Marriage on Trial não terá o ponto de vista agressivo de um documentário semelhante ao Framing Britney Spears, pro exemplo. O documentário não se propõe a decidir se Heard foi injustiçada pelo júri. Em vez disso, ilustra amplamente a tragédia que ocorre quando assuntos privados se tornam teatro público. Além disso, destaca a desumanidade de plataformas como TikTok e YouTube, onde, além dos usuários comuns, os influenciadores sedentos por lucro e os fanáticos de celebridades se unem.

O documentário observa a quantidade de influenciadores e criadores de conteúdo que viram uma oportunidade de ganhar seguidores e curtidas ao focar em conteúdo focado em Depp e Heard, que era amplamente pró-Depp", diz a descrição do projeto.

Assista aqui:


HFTV NAS REDES SOCIAIS

YOUTUBE | TIKTOK | INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK | PODCAST | NEWSLETTER