Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Serial Killers: a música dos Beach Boys em colaboração com Charles Manson

Com o seu desejo de se tornar um rockstar, Charles Manson teria dado um passo em sua carreira musical ao colaborar com o grupo The Beach Boys

@rafaelabertolini_ | Publicado em 20/05/2022, às 21h00

Serial Killers: a música dos Beach Boys em colaboração com Charles Manson - Foto: Wikimedia Commons
Serial Killers: a música dos Beach Boys em colaboração com Charles Manson - Foto: Wikimedia Commons

Antes mesmo de se tornar um dos assassinos mais conhecidos do mundo, Charles Manson era obcecado por música. Com o grande desejo de se tornar um astro do rock e ser tão famoso quanto os Beatles, Manson se encontrou com inúmeros nomes importantes da indústria a fim de dar inícia a sua carreira.

O grupo The Beach Boys foi um deles. Quem pensa na banda sessentista jamais pensa que a música "Never Learn Not To Love" teria alguma ligação direta com a mente por trás do assassinato da atriz Sharon Tate. 

Serial Killers: a música dos Beach Boys em colaboração com Charles Manson
Foto: Capitol Records / Domínio Público / Wikimedia Commons

Segundo a Rolling Stone Brasil, a ligação entre Manson e a banda começou quando Dennis Wilson, baterista da banda, ofereceu carona a duas mulheres hippies que pertenciam à Família Manson. Uma vez que ele sempre teve interesse em meditação transcedental, ele passou a conviver com o serial killer, o qual Wilson apelidou de "O Mago". Assim, segundo a biografia de Mike Love (co-fundador dos Beach Boys), Wilson e Manson estabeleceram uma relação repleta de orgias, drogas, violência e, possivelmente, um caso de amor do baterista pelo serial killer.

Em 1968, antes de Manson planejar o Helter Skelter e o assassinato de Sharon Tate, três de seus amigos, e o casal LaBianca, ele teria escrito uma canção chamada "Cease to Exist" que foi gravada em uma versão reformulada por Wilson, tendo seu título alterado para "Never Learn to Love". A autoria da música foi atribuida somente ao baterista, que recompensou Manson com US$100.000.

Foi assim que Wilson recebeu uma bala em sua casa, uma forma de ameaça digna de um episódio dos Peaky Blinders. Manson pediu que ele analisasse muito bem o "presente" e refletisse sobre ainda estar vivo e por ainda ter a sua família em segurança. Desde o incidente, o baterista de afastou do serial killer, mas a música com trechos compostos por ele ainda continuou na discografia dos Beach Boys.


+Saiba mais sobre Charles Manson através da Amazon:

Manson: A Biografia, de Jeff Guinn (2014) - https://amzn.to/3LysUCa

Manson in His Own Words (Edição Inglês), de Charles Manson (1994) - https://amzn.to/3yVhiql

Good Vibrations: My Life as a Beach Boy (Edição Inglês), de Mike Love (2016) - https://amzn.to/3G3Ekwu

Pet Sounds [Stereo] [Disco de Vinil]: https://amzn.to/3wHdxlj

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e o Cinebuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/3s9QqP0

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/37XppHQ


HFTV NAS REDES SOCIAIS 👇 

YOUTUBE | INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK | SPOTIFY | NEWSLETTER