Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Vítimas do Astroworld criticam entrevista de Travis Scott

Travis Scott deu uma entrevista pela primeira vez para falar sobre fatalidade do festival

@nic_bastos | Publicado em 10/12/2021, às 15h38

Getty Images
Getty Images

Pela primeira vez, Travis Scott deu uma entrevista para falar detalhadamente sobre a tragédia de seu festival, o Astroworld, que deixou 10 mortos e centenas de feridos. No entanto, a declaração do astro não andou agradando familiares das vítimas afetadas, que criticaram duramente sua postura e ainda apontaram que ele pode estar, na verdade, mentindo.

👉 ASSINE NOSSA NEWSLETTER 👈

Travis Scott afirmou que não percebeu a gravidade da situação no momento em que tudo ocorria:

Alguns minutos antes da coletiva de imprensa eu descobri exatamente o que aconteceu. Mesmo depois do show, sabe, você está apenas ouvindo coisas. Eu não sabia os detalhes exatos até minutos antes da coletiva de imprensa. Mesmo naquele momento, você fica tipo, sabe, o que? Você acaba de passar por algo e pensa, espera, o que?".

Em entrevista à Rolling Stone EUA, o advogado da família de Axel Acosta, morto no evento, criticou Scott: “(...) Se ele dissesse: 'Posso não ser o único problema e não sou o único responsável, mas que minha conduta influenciou', isso não alivia a dor das famílias, mas pelo menos não causa mais. O que ele está fazendo agora está causando mais dor às pessoas.”

Já Jennifer Peña, cuja irmã Ruby morreu no festival afirmou que ele se contradizeu na entrevista: “Há vídeos de pessoas dizendo a ele para parar este show, e ele não fez. Como ele poderia não saber? Ainda acho que ele é culpado de alguma forma, na minha opinião.”

No primeiro minuto em que lhe disseram para parar o show mais cedo, ele poderia ter falado 'Pare' (...) Ele poderia ter evitado tudo isso. Ele poderia ter interrompido o show e evitado toda essa morte,” continuou. 

A TRAGÉDIA

O episódio foi desencadeado após fãs começarem a empurrar uns aos outros em direção ao palco, afirmam as autoridades policiais. A confusão aumentou após cerca de 30 minutos levando a um incidente em massa, como classificou Larry Satterwhite, chefe-executivo da polícia de Houston.

“De repente, tínhamos várias pessoas no chão passando por algum tipo de episódio médico. Aconteceu tudo de uma vez, em questão de minutos”, disse. Os bombeiros levaram 25 pessoas para hospitais da região. Onze delas apresentavam sinais de parada cardíaca.


Novo LIVE IS DEAD! na área 💥 Desta vez, @fernandasoares e @ademircorrea conversam sobre comfort things. Dá o play!