Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Vítima de serial killer que inspirou "It - A Coisa" é identificada 45 anos após crime

Assassino em série que inspirou personagem de Stephen King atuou em Illinois nos anos 1970

@isafrasinelli / Publicado em 26/10/2021, às 15h03

Reprodução
Reprodução

John Wayne Gacy ficou conhecido como o "Palhaço Assassino" ao longo dos anos 1970. O serial killer foi acusado de torturar, estuprar e matar ao menos 33 adolescentes no estado de Illinois, sendo condenado a 21 prisões perpétuas e 12 penas de morte. Uma das vítimas do americano só foi identificada recentemente, cerca de 45 anos após o crime. 

👉 ASSINE NOSSA NEWSLETTER 👈

Segundo o Sky News, Francis Wayne Alexander é o jovem que tinha cerca de 21 anos quando foi morto pelo assassino em série. Não foram divulgadas muitas informações sobre a vítima, mas se sabe que Francis morreu pouco tempo após se divorciar, entre 1976 e 1977. Os restos mortais dele foram descobertos em um vão sob a casa de Gacy, entre os 26 corpos encontrados pela polícia. 

Falar sobre o Palhaço Assassino traz à tona a figura de Pennywise, criado por Stephen King na obra It - A coisa (1986). O autor já confirmou que o personagem foi justamente inspirado em John Wayne Gacy, que se vestia de palhaço para atraía jovens e crianças para sua casa, onde as matava e enterrava. No livro, que já foi adaptado para o cinema em 1990 e 2017, o palhaço é uma entidade maligna que aterroriza um grupo de amigos ao longo de décadas. 

A nova identificação da vítima aconteceu após a polícia se juntar ao Projeto DNA Doe, ONG que utiliza informações genéticas localizar parentes de pessoas mortas que não ainda foram identificadas. 

“É difícil, mesmo 45 anos depois, saber o destino de nosso amado Wayne. Ele foi morto pelas mãos de um homem vil e mau. Nossos corações estão pesados e nossas condolências vão para as famílias das outras vítimas... Agora podemos descansar, sabendo o que aconteceu, e seguir em frente, homenageando Wayne”, disse Carolyn Sanders, irmã de Francis (via g1). 

Já conferiu o LIVE IS DEAD!, nosso novo podcast? O episódio da semana é Filmes sobre Hollywood! Clique aqui para escutar!