Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Sofia Coppola revela quais são suas cenas favoritas do cinema

Sofia Coppola contou ao Life Cinematic da BBC, as cenas que mais a marcaram e inspiraram

@nic_bastos | Publicado em 06/12/2021, às 15h50

Sofia Coppola ressalta cena de "Desencanto" (1945) como uma de suas favoritas - Getty Images/ Reprodução
Sofia Coppola ressalta cena de "Desencanto" (1945) como uma de suas favoritas - Getty Images/ Reprodução

Sofia Coppola, diretora de Encontros e Desencontros (2003) e Bling Ring: A Gangue de Hollywood (2013) - e ganhadora do Oscar - revelou suas cenas favoritas de filmes de todos os tempos ao Life Cinematic da BBC, divididas em categorias como design de som, elenco e desempenho perfeito.

👉 ASSINE NOSSA NEWSLETTER 👈

Sofia Coppola contou que Encontros e Desencontros foi particularmente inspirado por uma cena entre Trevor Howard e Celia Johnson no filme Desencanto, de 1945. A cena em questão rendeu a Coppola o Oscar de Melhor Roteiro Original. "Foi uma grande inspiração para mim quando eu estava escrevendo Encontros e Desencontros. Apenas a emoção intensa entre esses dois personagens. Muito pouco é dito e você sente muito em apenas um gesto ou uma pausa", ressaltou.

As outras cenas citadas por Sofia Coppola são de Um Lugar Ao Sol (1951), Aquário (2009), a performance de Nicole Kidman em Um Sonho Sem Limites (1995), e Safe (1995), com protagonismo de Julianne Moore. 

Confira a lista completa:

  •  Nicole Kidman - To Die For (1995)

  • Trevor Howard e Celia Johnson - Brief Encounter (1945)

  • Wong Kar-wai's - The Mood For Love (2000)

  • Montgomery Clift - A Place In The Sun (1951)

  • Katie Jarvis e Michael Fassbender - Fish Tank (2009)

  • Antonioni's La Notte (1961)

  • Todd Haynes' Safe (1995)

  • Rita Hayworth - Gilda (1946)

  • Tina (Rosie Perez) e Mookie (Spike Lee) - Do the Right Thing (1989)

  • Dirk Bogarde e James Fox - The Servant (1963)


O novo episódio do LIVE IS DEAD! está no ar, trazendo um papo sobre a lenda urbana mais sinistra e maluca da deep web: SETEALÉM! Ouça abaixo: