Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Atriz de Buffy detona o criador da série; saiba o por quê!

Charisma Carpenter, atriz de Buffy, criticou fortemente o comportamento de Joss Whedon

@isafrasinelli | Publicado em 20/01/2022, às 13h05

Charisma Carpenter como Cordelia Chase em Buffy, a Caça-Vampiros (1997-2003) - Divulgação/Fox
Charisma Carpenter como Cordelia Chase em Buffy, a Caça-Vampiros (1997-2003) - Divulgação/Fox

Charisma Carpenter, intérprete de Cordelia Chase em Buffy, a Caça-Vampiros, veio à público para expor os comportamentos abusivos de Joss Whedon, criador da série. Pelas redes sociais, a atriz demonstrou apoio ao elenco de Liga da Justiça, já que o diretor recentemente rebateu as acusações dos astros do filme e afirmou que nunca trabalhou "com um grupo tão rude de atores"

👉 ASSINE NOSSA NEWSLETTER 👈

A atriz iniciou defendendo Ray Fisher, que interpretou o herói Ciborgue no longa. "Eu estou com Ray Fisher. A ‘força malévola’ e o ‘mau ator em ambos os sentidos’ que envenenou minha mente fraca com chavões da moda e ideias corruptas sobre minhas experiências com um ex-chefe narcisista tirânico que é incapaz de ser responsável e apenas se desculpar", afirmou. 

Carpenter completou seu releto apoiando Gal Gadot: "Acredito que Gal Gadot não só entende ameaças de acabar com sua carreira em inglês, mas também em hebraico e árabe. Possivelmente francês, espanhol e italiano também" . A intérprete de Mulher Maravilha já teve diversos conflitos com Whedon, que inclusive já ameaçou a atriz. 

Fisher também respondeu Charisma: "Eu estou do lado de Charisma Carpenter que (como este 'mau ator em ambos os sentidos') não tem agência para determinar questões de abuso ou raça, mas é guiada pela influência de um homem branco marionetista. A NY Magazine e Lila Pearl deveriam ter vergonha de regurgitar uma bobagem dessas."

Vale lembrar que, em 2020, Ray Fisher fez uma série de publicações acusando o criador de Buffy de comportamentos abusivos no set de filmagens, além de afirmar que o diretor cleareou digitalmente o tom de pele de atores negros na pós-produção. 


O primeiro LIVE IS DEAD! de 2022 está entre nós & com um tema que a gente simplesmente ama: BLIND ITEMS (ou FOFOCA ÀS CEGAS, em uma tradução livre HFTV)