Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Após morte de Halyna Hutchins, advogados sugerem sabotagem no set de "Rust"

Munição real teria sido colocada de forma proposital, defendem os representantes de  Hannah Gutierrez-Reed

@nic_bastos | Publicado em 03/11/2021, às 17h10

Getty Images
Getty Images

O mistério por trás de toda a tragédia que aconteceu no set de Rust, que tirou a vida de Halyna Hutchins - atingida por um tiro vindo da arma do ator Alec Baldwin, que disparou uma arma que deveria estar carregada de balas de festim - segue no ar. Isso porque, dessa vez, advogados de Hannah Gutierrez-Reed, a armeira da produção, estão sugerindo que o "acidente" pode ter sino na verdade uma sabotagem.

👉 ASSINE NOSSA NEWSLETTER 👈

De acordo com eles, a intenção realmente teria sido plantar uma bala de verdade na munição de forma proposital. Em entrevista ao programa Today,Jason Bowles e Robert Gorence disseram que a pessoa responsável pela suposta sabotagem poderia ter a feito entre as 11h e 13h do dia do incidente, horário em que a munição foi deixada sem vigilância. O argumento deles também traz o fato de que Hannah não estava com a produção no momento da tragédia.

Eles argumentam que ela deu seis cartuchos - que acreditava serem de festim - e não se deu conta que um deles, era de munição real. A teoria defendida pelos advogados refuta a ideia de que a morte de Halyna teria sido acidental. Confira a entrevista:

A tragédia no set

De acordo com o jornal Los Angeles Times, o ator Alec Baldwin, reponsável por disparar tiros e provocar o acidente, estava ensaiando uma cena de tiroteio dentro de uma igreja no Bonanza Creek Ranch, Novo México, quando tudo aconteceu. O astro combinava com os cinegrafistas ângulos das câmeras na captura de suas cenas de ação, quando atirou contra Halyna, acreditando que a pistola continha apenas balas de festim.

"Então, acho que vou tirar [esta arma], puxar e dizer, 'Bang!'’", teria afirmado momentos antes. Com o projétil acertando o seu peito, Hutchins tropeçou e caiu nos braços do eletricista-chefe do set. Segundo testemunhas, Joel Souza teria exclamado: “Que p*rra foi essa? Isso queima!"

Alec Baldwin, por sua vez, deixou o revólver em cima de um banco e repetiu sem parar: "Que p*rra acabou de acontecer?" No momento, Halyna Hutchins foi auxiliada por um operador de boom que se aproximou dela e soltou: "Ah, isso não foi bom", recebendo como resposta da vítima um: "Não, isso não foi bom. Isso não foi nada bom”.

Em comunicado oficial, o gabinete do xerife do condado de Santa Fé, no Novo México, EUA, confirmou que a tragédia foi um acidente. "O gabinete confirma que os dois indivíduos baleados no set de 'Rust' foram a diretora de fotografia Halyna Hutchins, 42, e o diretor do filme, Joel Souza, 48, atingidos quando uma arma cenográfica foi disparada pelo ator e produtor Alec Baldwin". 

Halyna Hutchins foi levada ao hospital da Universidade do Novo México, mas não resistiu. Joel Souza foi levado ao centro médico da região, e já recebeu alta, como informou a atriz Frances Fischer em uma rede social. De acordo com o Deadline, ele foi baleado no ombro. 

LIVE IS DEAD! #5 está no ar e o episódio da semana traz um papo sobre o culto dos cultos: Heaven's Gate — escute a gente no Spotify!