Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Protagonista de O Código da Vinci, Tom Hanks crítica franquia de Dan Brown

Após protagonizar franquia O Código da Vinci, Tom Hanks a descreve como "besteira".

@helograssi | Publicado em 14/06/2022, às 13h29 - Atualizado às 14h11

Protagonista de O Código da Vinci, Tom Hanks crítica franquia de Dan Brown - Divulgação/Sony Pictures
Protagonista de O Código da Vinci, Tom Hanks crítica franquia de Dan Brown - Divulgação/Sony Pictures

O ator Tom Hanks é uma das figuras mais amadas de toda Hollywood. O ator, conhecido por seu bom comportamento, chocou o mundo quando, em entrevista, decidiu dar a sua opinião sobre o filme O Código da Vinci e as outras produções da franquia: Inferno e Anjos e Demônios.

Em entrevista para o New York Times, o ator teceu críticas à franquia.

É, aquilo foi um investimento comercial. Todas aquelas sequências do Robert Langdon [personagem que ele interpreta nos filmes] são uma besteira. O Código da Vinci é uma besteira. Eu digo, Dan Brown, deus o abençoe, mas ele escreve “Olha, uma escultura em Paris! Não, ela está ali! Isso faz uma cruz no mapa, digo, meio que forma uma cruz.” Isso é muito gostoso para aqueles que gostam de caça ao tesouro, como os filmes do James Bond são gostosos para quem gostam de filmes de espionagem. Mas eles são cínicos como um caça-palavras. Tudo que estamos prometendo é diversão. Não tem nada de errado em fazer filmes com cunho comercial, se o que estão oferecendo é um bom produto. Na hora que fizemos o terceiro filme, percebemos que o produto não era tão bom assim.”

O livro Código da Vinci foi um estouro em seu ano de lançamento, em 2003, e três anos depois, um filme protagonizado por Tom Hanks foi produzido e lançado. Os três filmes da franquia faturaram, em conjunto 1,5 bilhão de dólares, apesar de seus filmes não agradarem a crítica – Sua maior nota no Rotten Tomatoes é 37%.

Tom Hanks em Elvis

Tom Hanks estará nos cinemas novamente, mas não como Robert Langdon, e sim como o empresário Tom Parker, um dos responsáveis por solidificar a figura de Elvis Presley na história da música, no longa ELVIS.


CAUSOS DE HOLLYWOOD está de volta com o icônico dia em que #CourtneyLove rasgou o vestido de #KateMoss - e mais histórias da dupla 👯 


HFTV NAS REDES SOCIAIS 👇

YOUTUBE | INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK | PODCAST | NEWSLETTER