Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

De ator a rockstar: por trás da carreira musical de Johnny Depp

Muita gente não sabe, mas a carreira musical de Johnny Depp existe - e muito! Saiba mais

@nicolybastos_| Publicado em 24/06/2022, às 15h23

De ator a rockstar: por trás da carreira musical de Johnny Depp - Reprodução
De ator a rockstar: por trás da carreira musical de Johnny Depp - Reprodução

 “É o meu primeiro amor, desde garoto”, disse Johnny Depp, em entrevista à revista Vanity Fair, sobre nada menos do que seu violão - o qual ele não larga por nada. Mesmo sendo um dos maiores de todos os tempos, Depp nunca quis ser ator, mas sim, como muitos jovens de sua geração, um verdadeiro rockstar. E não é que isso deu e continua dando certo?

Poucas pessoas sabem que Johnny Depp realmente abandonou o ensino médio no início dos anos 80 para se tornar músico, com sua primeira banda, The Kids, abrindo para nomes como Iggy Pop, Ramones, Pretenders e Talking Heads.

Embora tenha seguido a carreira de ator a conselho de sua primeira esposa, Lori Anne Allison, e seu amigo ~pasmem~ Nicholas Cage, Depp nunca desistiu da música, tocando em vários grupos e colaborando com algumas das maiores estrelas do rock de todos os tempos - até os dias de hoje!

Oasis & Iggy Pop

Entre meados dos anos 80 e início dos anos 90, Depp tocou em duas bandas enquanto sua carreira no cinema estava decolando. Sua primeira colaboração foi com os Rock City Angels, quem deixou quando começou a trabalhar em 21 Jump Street. Em seguida veio a banda P, que Depp formou junto com Gibby Haynes e Bill Carter, do Butthole Surfers. P lançou um álbum auto-intitulado em 1995, ocasionalmente apresentando Flea, feat com Red Hot Chili Peppers e Steve Jones com o Sex Pistols.

Em meados dos anos 90, Depp estava subindo no cenário musical, tocando guitarra para o Oasis nas faixas Fade Away e Fade In-Out. Em 1999, ele estava tocando com Iggy Pop duas décadas depois de abrir para ele como membro do Kids.

Trilhas sonoras para seus filmes

Além de fazer participações especiais nas bandas de seus amigos famosos, Depp forneceu música para vários de seus filmes. O primeiro foi Chocolat, de 2000, com Depp contribuindo com três canções de jazz europeias para sua trilha sonora. Em seguida veio Once Upon a Time in Mexico, seguido por The Rum Diary, The Lone Ranger e Into the Woods.

Na mesma época, ele tocou guitarra no single de 2010 do Babybird Unloveable, para o qual também dirigiu o videoclipe, voltando à banda ainda em 2011 para gravar The Jesus Stag Night Club.

Também digna foi sua colaboração musical com sua ex-namorada Vanessa Paradis, com quem Depp compartilha seus dois filhos, Lily-Rose, 22, e Jack, 19. Ele co-escreveu duas músicas de seu álbum Bliss, de 2000, e tocou guitarra em um terceiro.

Marilyn Manson & Aerosmith

Em 2012, Depp tocou guitarra e bateria para o cover de Marilyn Manson do hit de Carly Simon,You're So Vain. Mais tarde naquele ano, eles tocaram The Beautiful People e Sweet Dreams no palco do Revolver Golden Gods Awards.

O mesmo ano marcou a primeira colaboração de Depp com o Aerosmith - uma das várias a seguir - com a estrela de Hollywood fazendo backing vocals para Freedom Fighter.

The Hollywood Vampires

Em 2015, Depp, Cooper e Perry começaram sua própria banda, chamada Hollywood Vampires. O grupo lançou seu primeiro álbum de estúdio auto-intitulado em setembro daquele ano, com duas músicas originais co-escritas por Depp.

Também no álbum havia uma série de covers, convidando um elenco estrelado que incluía Paul McCartney, Dave Grohl, Slash, Brian Johnson do AC/DC, Perry Farrell do Jane's Addiction e o ator Christopher Lee. Hollywood Vampires lançou seu segundo álbum de estúdio, Rise, em junho de 2019.

Colaboração com Jeff Beck

Em abril de 2020, Depp deixou os fãs em frenesi ao aparecer no Instagram revelando parceria com Jeff Beck. A dupla gravou um cover de Isolation, de John Lennon, com Depp compartilhando o áudio na plataforma de mídia social no dia seguinte.

A música é sobre isolamento, medo e risco existencial para o nosso mundo, então queríamos dar a música a você”, disse Depp em um vídeo de oito minutos anunciando a colaboração, abaixo. “Nós realmente esperamos que, do nosso jeito, ajude você a passar por esses momentos incomuns que estamos enfrentando, mesmo que apenas ajude a passar o tempo enquanto enfrentamos o isolamento juntos.”

Johnny Depp e Jeff Beck estão aprofundando seu relacionamento profissional neste ano.

Eles estão lançando um álbum conjunto, intitulado 18, em 15 de julho. Seu primeiro single, This Is A Song For Miss Hedy Lamarr, já foi lançado.

"Quando Johnny e eu começamos a tocar juntos, isso realmente acendeu nosso espírito jovem e criatividade", disse Beck em um comunicado postado em seu site oficial. "Nós brincamos sobre como nos sentimos aos 18 anos novamente, então isso se tornou o título do álbum também."

"É uma honra extraordinária tocar e escrever música com Jeff, um dos grandes nomes e alguém que agora tenho o privilégio de chamar de meu irmão", acrescentou Depp em um comunicado.

Johnny Depp já havia sido visto se apresentando com Beck na Inglaterra, enquanto seu julgamento por difamação contra sua ex-esposa Amber Heard estava chegando ao fim, em maio deste ano.

Simplesmente em turnê

A estrela de cinema e músico anunciou seu próximo passo na carreira – sair em turnê com um revival de sua banda Hollywood Vampires. O supergrupo de rock postou uma imagem de Depp junto com outros membros da banda Alice Cooper, Joe Perry e Tommy Henriksen na última quarta-feira (22).

“Os vampiros de Hollywood estão de volta!”, legendaram. “Estamos chegando à Alemanha e Luxemburgo no verão de 2023!”