Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Mereceu? As maiores controvérsias do Oscar de todos os tempos

Você já se perguntou sobre as maiores controvérsias do Oscar da história?

@nic_bastos | Publicado em 08/04/2022, às 18h00

Roman Polanski, diretor de O Pianista/ Rami Malek em Bohemian Rhapsody/ Jared Leto em Esquadrão Suicida - Reprodução
Roman Polanski, diretor de O Pianista/ Rami Malek em Bohemian Rhapsody/ Jared Leto em Esquadrão Suicida - Reprodução

Uma coisa que os amantes do cinema podem concordar é que é raro haver um vencedor do Oscarque todo mundo concorde. A história da premiação está repleta de vencedores que provocaram choque, controvérsia e muitas reações nas redes sociais.

+ OSCAR 2022 | Nossos looks favoritos do Tapete Vermelho!

Há uma indignação duradoura sobre as viradas de melhor filme, como Crash ao invés de Brokeback Mountain, Shakespeare in Love por O Resgate do Soldado Ryan, além da decepção de décadas de Martin Scorsese perder um Oscar de direção atrás do outro.

Quais são os vencedores do Oscar mais controversos da história? A revista Variety elencou esses moentos e aqui no HFTV relembramos os principais deles! Confira as vitórias do Oscar mais indignantes da história 👇

Roman Polanski como melhor diretor 

Roman Polanski foi premiado como melhor diretor por O Pianista na 75ª edição do Oscar, mas o cineasta não compareceu porque fugiu dos Estados Unidos décadas antes ao se declarar culpado de estupro de menor! 

Polanski estava pronto para aceitar um acordo judicial que o libertaria de uma pena adicional de prisão, mas fugiu do país depois de saber que o juiz em seu caso não planejava aceitar o acordo. O cineasta nunca mais voltou aos EUA. Em meio aos movimentos #MeToo e Time’s Up em 2018, a Academia expulsou Polanski de sua associação por não atender aos padrões de conduta das organizações.

Shakespeare Apaixonado no lugar do icônico O Resgate do Soldado Ryan

Shakespeare apaixonado, de John Madden, triunfando sobre o épico de guerra O Resgate do Soldado Ryan, de Steven Spielberg, como melhor filme no Oscar de 1999, continua sendo uma das viradas mais controversas da história do Oscar.

A implacável temporada de prêmios de Harvey Weinstein fazendo campanha para Shakespeare apaixonado, apoiado pela Miramax, acabou dando a vantagem sobre O Resgate do Soldado Ryan. A indústria ficou chocada e a temporada de premiações mudou para sempre.

Crash derruba Brokeback Mountain

O aclamado drama romântico de Ang Lee, Brokeback Mountain, foi o favorito da crítica para melhor filme no Oscar de 2006. Brokeback ganhou o Leão de Ouro no Festival de Cinema de Veneza antes de conquistar os principais prêmios no Globo de Ouro e no BAFTA.

À medida que o Oscar se aproximava, surgiram relatos de homofobia entre a velha guarda da Academia e levaram muitos especialistas a se perguntar se Brokeback poderia manter o patamar. Atores e membros da Academia, como Ernest Borgnine e Tony Curtis, se manifestaram contra o filme, ambos dizendo que John Wayne desprezaria a obra por causa de seus cowboys gays.

E eis que Crash prevaleceu sobre Brokeback Mountain em uma das mais controversas vitórias de melhor filme da história do Oscar. Os críticos ainda perguntam se Crash é o pior vencedor da categoria de melhor filme.

Kevin Costner vence o prêmio de melhor diretor de Martin Scorsese

O drama de faroeste de Kevin Costner, Dança com Lobos, dominou o 63º Oscar com vitórias de melhor filme e melhor diretor em 12 indicações no total. No geral, encerrou a cerimônia com sete Oscars.

As vitórias de Costner nas duas principais categorias teriam sido muito menos controversas se a obra-prima de gângster de Martin Scorsese, Goodfellas, também não tivesse sido indicada. O que tornou o desprezo de Scorsese por melhor diretor doloroso não foi apenas que esta obra foi uma de suas realizações de direção mais marcantes, mas também que Scorsese ainda não havia ganhado um Oscar na época.

Scorsese teria que esperar até "Os Infiltrados" para ganhar seu Oscar de diretor.

Robert Redford ganha o prêmio de melhor diretor sobre Martin Scorsese

Apesar de Touro Indomável ser considerado um dos maiores feitos de direção de Scorsese, o cineasta perdeu o Oscar de direção para Robert Redford por Gente como a Gente. O emocionante drama familiar ganhou quatro Oscars, incluindo o de melhor filme. Scorsese teria que continuar esperando...

A perda de Pulp Fiction para Forrest Gump

Quentin Tarantino teve que se contentar com a vitória do roteiro original de Pulp Fiction no 67º Prêmio da Academia, onde Forrest Gump, de Robert Zemeckis, foi o dono da cerimônia com seis vitórias totais e as principais vitórias de melhor filme e melhor diretor. O tempo foi bem mais generoso com o "esnobado". 

Forrest Gump diminuiu em popularidade e crítica ao longo dos anos, mas sua natureza de agradar a multidão se mostrou mais atraente para os eleitores do Oscar em 1995 do que a mistura mais radical de violência e comédia de Tarantino.

Marlon Brando recusa Oscar de Melhor Ator por O Poderoso Chefão

Um dos momentos mais controversos do Oscar aconteceu na 45ª edição, onde Marlon Brando foi eleito o vencedor na corrida de melhor ator graças à sua atuação em O Poderoso Chefão. Brando recusou o prêmio e enviou a atriz e ativista Apache Sacheen Littlefeather em seu lugar para que ela pudesse ler um discurso denunciando o “mau tratamento dos nativos americanos na indústria cinematográfica”.

Rami Malek vence Oscar de Melhor Ator - ao invés de Bradley Cooper

Rami Malek dominou a temporada do Oscar 2019 ao ganhar prêmios de melhor ator do Globo de Ouro, SAG Awards e BAFTAs por sua atuação como Freddie Mercury no drama biográfico do Queen Bohemian Rhapsody.

Mesmo assim, a atuação de Malek dividiu os críticos de cinema durante toda a temporada e o filme em si foi amplamente criticado. Muitos especialistas acreditavam que Bradley Cooper merecia o prêmio, não apenas por dar uma de suas melhores atuações em Nasce Uma Estrela, mas também porque a Academia o esnobou na corrida de melhor diretor.

O Oscar de Esquadrão Suicida 

Na lista dos vencedores do Oscar com as piores críticas Esquadrão Suicida, pode estar no topo. O filme ganhou o prêmio de maquiagem e penteado na 89ª edição do Oscar, superando A Man Called Ove e Star Trek Beyond. O filme é extremamente detonado, principalmente entre os cinéfilos, então o fato do longa ter um Oscar, não agrada lá muita gente.