Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Emily Ratajkowski acusa Robin Thicke de assédio nas gravações de "Blurred Lines"

Modelo relatou assédio em seu novo livro biográfico, "My Body"

@isafrasinelli / Publicado em 04/10/2021, às 11h30

Reprodução/YouTube
Reprodução/YouTube

Lançada em 2013, Blurred Lines é lembrada até hoje com muitas polêmicas. E a parceria entre Robin Thicke, T.I. e Pharrell Williams ganhou uma nova adição nessa lista recentemente. Em seu livro biográfico, My Body, a atriz e modelo Emily Ratajkowski relatou o assédio sexual que sofreu de Thicke durante as gravações do clipe da faixa. 

👉 SIGA O HFTV NO TWITTER 👈

Trechos da obra foram reproduzidos pela Rolling Stone e apontam detalhes sobre a acusação. Ratajkowski explicou que aceitou posar nua para a versão sem censura do vídeo, pois confiava na diretora Diana Martel. Contudo, ela conta que Robin chegou bêbado no set de filmagens e que apalpou os seus seios durante as gravações das cenas que tinham em conjunto. 

"De repente, do nada, eu senti a pele gelada das mãos de alguém envolvendo meus seios nus. Eu instintivamente me afastei, olhei para trás, e vi que era Robin Thicke. Ele deu um sorriso debochado e alguns passos para trás, os olhos escondidos pelos óculos escuros. Minha cabeça se virou para o outro lado quando ouvi a voz de Diane gritando: 'Você está bem?'"

Emily ainda afirma que, durante muito tempo, evitou pensar sobre o assédio e por isso não realizou nenhuma acusação publicamente. A modelo também explica que gostaria de "proteger a reputação" da diretora, que havia criado um ambiente seguro para as modelos no set.

Em entrevista ao The Sunday Times, Martel relembrou o momento: "Eu me lembro do momento em que ele fez isso, pegou um seio dela em cada mão. Eu gritei com o meu sotaque do Brooklyn: 'Que m**** você está fazendo? Acabou por hoje, chega!'. Robin se desculpou depois."