Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

100 anos de Judy Garland, uma estrela que se recusa a apagar

Uma homenagem HFTV ao centenário da inesquecível Judy Garland

@hollywoodforever.tv | Publicado em 09/06/2022, às 20h44

100 anos de Judy Garland, uma estrela que se recusa a apagar - Reprodução
100 anos de Judy Garland, uma estrela que se recusa a apagar - Reprodução

Judy Garland foi uma das maiores artistas que o mundo já viu. Cantora, atriz e ícone, Judy marcou a história do cinema de maneira única. Nesta sexta-feira, 10 de junho de 2022, Garland completaria 100 anos. E nem um século inteiro consegue apagar o brilho que deixou na constelação de Hollywood.

Em meio a uma carreira permeada por clássicos que vão de O Mágico de Oz (1939) a Nasce Uma Estrela (1954), a realidade de Judy era cruel. Por trás das câmeras, a atriz teve uma vida repleta de sofrimento. Garland foi moldada para ser um sucesso desde cedo e, pode-se dizer, foi uma das primeiras vítimas infantis da indústria - muito antes dos colapsos de Amanda Bynes, Britney Spears e tantas outras.

Filha de artistas, Frances Ethel Gumm passou a infância nos palcos até ser descoberta por um dos nomes mais poderosos da Era de Ouro de Hollywood, Louis B. Mayer, o cofundador da MGM. Foi assim que uma garota comum de Minnesota iniciou o caminho ao estrelato - a sua passagem à fama, mas também à condenação.

Para dar vida à Dorothy Gale, foi submetida por Mayer a uma árdua rotina para se adequar aos padrões de beleza exigidos pelo showbizz. Foi ele, aliás, tido por muitos como o responsável pelo vício da atriz nas mesmas drogas que a matariam; a inocência que transmitia com seu ar sonhador foi a mesma que lhe foi privada. Tudo por trás dos inesquecíveis acordes de Over The Rainbow.

100 anos de Judy Garland, uma estrela que se recusa a apagar

Mesmo assim, chegou à Cidade das Esmeraldas e brilhou até mais do que o arco-íris que almejava alcançar. Estrelou incontáveis sucessos. Venceu o Oscar, o Grammy, o Globo de Ouro, o Tony. Atuou ao lado de Fred Astaire, casou-se com Orson Welles, foi amiga de John Kennedy. Deu à luz Liza Minelle. Viveu intensa e apaixonadamente.

As pressões e inseguranças geradas pelos excessos do showbizz, porém, não a deixariam em paz e acompanhariam até o fim. A indústria que a abraçou foi a mesma que a adoeceu e descartou. A ruína veio tão rápido quanto o estrelato. Judy Garland se foi em 1969, vítima de uma overdose acidental, aos 47 anos.

Nesta sexta-feira, 10 de junho de 2022, Garland completaria 100 anos. E nem um século inteiro consegue apagar o brilho que deixou na constelação de Hollywood.



HFTV NAS REDES SOCIAIS 👇

YOUTUBE | INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK | PODCAST | NEWSLETTER