Hollywood Forever TV
Twitter Hollywood Forever TVYoutube Hollywood Forever TVInstagram Hollywood Forever TV

Retrospectiva Lady Gaga | Os mais marcantes (e os mais polêmicos) momentos!

Retrospectiva Lady Gaga em seu aniversário de 36 anos <3

@nic_bastos | Publicado em 28/03/2022, às 19h00

Lady Gaga em American Horror Story, performance de Paparazzi e look icônico no VMA - Reprodução
Lady Gaga em American Horror Story, performance de Paparazzi e look icônico no VMA - Reprodução

Ao olharmos para os anos 2010, dá para se pensar em várias estrelas que deixaram sua marca, mas nenhuma como Lady Gaga. A cantora, que completa 36 anos nesta segunda-feira (28), entrou em cena pela primeira vez em 2008 com seu hit Just Dance, e nos últimos 10 anos, se consolidou como um ícone com suas constantes reinvenções, músicas que quebram recordes e um talento inegável .

Gaga é na verdade uma pioneira no quesito artista pop, com todas as peculiaridades que já conhecemos - e amamos. Ela nunca teve medo de ultrapassar limites e mostrar ao mundo lados diferentes de si mesma, e de que uma artista mulher pode ter. Ainda conquistou milhões de fãs que enxergaram a possibilidade de fazer o mesmo.

Em homenagem à the one and only, HFTV resolveu fazer uma retrospectiva com os momentos mais marcantes (e sempre polêmicos) de Lady Gaga, que ainda provam o motivo de ela ser uma das maiores artistas que o mundo já viu. 

Confere 👇

O maior look de todos os tempos 

A aparição de Lady Gaga no MTV Video Music Awards de 2010 foi histórica por dois motivos. Em primeiro lugar, porque, bem, ela apareceu em um vestido feito inteiramente de carne crua. O conjunto estava ligado ao protesto de Gaga contra a política de "não pergunte, não conte" e certamente foi um dos momentos mais comentados da cerimônia.

Lady Gaga no VMA de 2010
Reprodução

Se não defendermos o que acreditamos e se não lutarmos por nossos direitos em breve, teremos tantos direitos quanto a carne em nossos próprios ossos”, explicou ela. "E, eu não sou um pedaço de carne."

Além do vestido de carne, Gaga também ganhou 13 indicações, que foi a maior já recebida por qualquer artista em um único ano! Entre elas estavam melhor colaboração para Telephone com Beyoncé (que definitivamente é outro marco por si só) e melhor vídeo pop para Bad Romance

Papa-paparazzi

A altura que essa música foi lançada, já tínhamos nos acostumado com as roupas malucas e os videoclipes luxuosos, mas ver Gaga ao vivo foi um deleite para todos os Little Monsters. A cantora cantou seu single Paparazzi no VMA de 2009 e enviou um recado: no final do número, Gaga é levantada do palco - e sangue falso começa a escorrer dela com as luzes da câmera dos paparazzi piscando.

O recado era aviso e revolucionário: Gaga não seria maltratada pelos paparazzi como muitas estrelas pop que vieram antes dela (o colapso de Britney Spears foi apenas dois anos antes dessa apresentação). 

O terror da igreja católica 

Tudo começou com o clipe de Alejandro e continuou emJudas, lançado em 2011, foi fortemente criticado por grupos religiosos, mesmo antes de ter sido lançado. No registro, Lady Gaga aparece supostamente no papel de Maria Madalena.

O presidente da Liga Católica para Direitos Civis e Religiosos, Bill Donahue, fez questão de detonar o single: "Existem as pessoas com talento, e depois existe Lady Gaga. Acho-a cada vez mais irrelevante. É esta a única forma de se destacar? Isto não está sendo feito por acaso: estamos nos aproximando da Semana Santa e da Páscoa", afirmou.

Vale lembrar que algumas comparações entre Judas e o clássico videoclipe, Like a prayer (1989) de Madonna, que foi censurado pelo Vaticano por mostrar um Jesus negro, foram feitas na época.

Classic Gaga

Ninguém sabe como fazer uma entrada como Lady Gaga. A empolgação antes do Grammy de 2011 era palpável, já que Gaga deveria estrear seu grande sucesso Born This Way. Mas ninguém pensou que ela apareceria dentro de um ovo gigante e depois sairia dele antes de sua performance. No entanto, era uma atitude clássica de Lady Gaga.

Lady Gaga dentro de ovo gigante
Reprodução 

American Horror Story by Lady Gaga 

Gaga sempre sonhou em se tornar atriz e, em 2015, seu sonho começou a se tornar realidade. A Mother Monster fez sua estréia na TV na quinta temporada de American Horror Story e simplesmente entregou tudo. Para a surpresa de ninguém, ela até ganhou seu primeiro Globo de Ouro, de melhor atriz em minissérie.

Quando perguntado como era trabalhar com Gaga, seu colega de elenco Matt Bomer disse ao POPSUGAR: "É tudo o que você poderia esperar e mais um pouco".

O mundo deitando para Lady Gaga

Para quem achava que Gaga não era nada mais do que fantasias e maquiagem exageradas, sucessos pop feitos apenas para o rádio e o ocasional vestido de carne, isso aqui marca o dia em que todos tiveram que engolir os achismos.

Quando Gaga fez este medley no Oscar de 2015, não teve quem não ficasse de queixo caído. Ela não perde uma nota - de músicas extremamente difíceis. Veja por você mesmo:

Maior jogada que o futebol já viu

Gaga começou o ano com um show espetacular no intervalo do Super Bowl de 2017. Entre as acrobacias e as centenas de drones, não é de admirar que a performance tenha quebrado o recorde de performance musical mais assistida de todos os tempos. De acordo com a NFL, "quase 118 milhões de espectadores sintonizaram o desempenho na rede de transmissão FOX".

Hermafrodita?

Em 2008, Lady Gaga se apresentou no festival Glastonbury, e, em determinada foto, o ângulo ficou um pouco esquisito, mostrando a cintura da cantora, com um suposto volume na parte debaixo. Colocando lenha na fogueira, ela foi responsável por alimentar algo que circula sobre sua vida pessoal até hoje.

"Sou hermafrodita. Não é algo de que eu tenha vergonha, mas não ando por aí a contar a toda a gente. Mas, admito, tenho órgãos genitais femininos e masculinos, embora me considere uma mulher", declarou.

Em 2010, Gaga ainda falou do assunto para a apresentadora de TV Barbara Walters. "No começo eu achei muito estranha essa história, mas eu sou muito andrógina e amo androginia”, afirmou. Obviamente, tudo não passa de um boato muito bem alimentado por Lady Gaga.

Se consolida uma estrela <3 

O ícone pop fez sua estréia nas telonas através de Nasce Uma Estrela, um remake que segue o músico Jackson Maine (Bradley Cooper) enquanto ele descobre a aspirante a cantora e compositora Ally Rose (Gaga) e a transforma em uma estrela, apaixonando-se no processo.

Os dois protagonistas receberam elogios da crítica por suas performances, e Gaga ainda foi aclamada pelas músicas do filme. A produção apresenta canções originais escritas pelas co-estrelas ao lado de uma série de colaboradores de grande nome. Não foi surpresa que a trilha sonora oficial tenha atingido o primeiro lugar nas paradas dos EUA e do Reino Unido em sua primeira semana de venda.

Gaga ainda levou o Oscar em 2019, por Melhor Canção Original com Shallow. Poderosa!

Simplesmente Tony Bennett

Lady Gaga lançou dois álbuns com Tony Bennett, dos maiores cantores de jazz de todos os tempos, hoje com 95 anos. Cheek to Cheek, de 2014, e Love For Sale, em 2021. O primeiro ainda rendeu um Grammy para os astros. Na época de divulgação do segundo, o artista foi só elogios para a eterna Mother Monster:

“Lady Gaga é muito inteligente. Ela é muito humana e me faz me sentir mais sincero", afirmou Tony. “É um momento tão memorável que eu até fez um desenho do trompete de Tony como tatuagem nos meus braços", também disse a cantora.